25 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 21º

Com investimentos do PAC, prefeitura irá asfaltar 120 km de ruas na Capital

Até o aniversário de Campo Grande, em 26 de agosto, o prefeito Gilmar Olarte vai assinar ordem de serviço das primeiras cinco frentes de obras de pavimentação que serão iniciadas neste ano com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), financiamento de R$ 313 milhões assinado semana passada com a Caixa Econômica Federal. Já foram licitados 120 quilômetros de pavimentação, divididos em 16 lotes, com aplicação de R$ 117 milhões. Nos próximos 30 dias será iniciado o recapeamento da Avenida Hiroshima (via que liga a Avenida Mato Grosso a região da Mata do Jacinto), e a pavimentação do Residencial Belinate, Atlântico Sul, Vila Polonês e Complexo Mata do Jacinto, onde além da complementação do asfalto em ruas próximas ao Ceasa (Elias Nashif, João Jorge Chacha), está prevista a implantação de drenagem, importante para deter o processo de erosão no Parque Sóter. Nestas obras o investimento previsto é de R$ 21,3 milhões. Além destas regiões, já foram licitadas obras de pavimentação no Portal do Panamá; Jardim Montevideu; Costa Verde; Vila São João Bosco; ruas do Novos Estados ainda não pavimentadas ;Vila Nascente,Vila Futurisa e Copacabana; Vila Ravena e Recanto Pantaneiro; Sirio Libanês; Parque dos Laranjais, Jardim Seminário; Vila Lídia e Morada do Sossego. Região mais beneficiada Dos R$ 311 milhões,R$ 163 milhões estão programados para bairros da Região Urbana do Segredo. Serão atendidos primeiro os bairros onde já haja rede de esgoto. Na medida que a concessionária Águas Guariroba expandir o serviço, o asfalto será implantado. O Jardim Anache, por exemplo, será contemplado em agosto de 2016 com R$ 7,8 milhões. O Nova Lima em março de 2016 com a destinação de R$ 67,4 milhões. O asfalto do José Tavares está programado para começar em março de 2016 com investimento de R$ 12,6 milhões. O Morada do Sossego em junho 20149 (ao custo de R$ 2,2 milhões). A Vila Ravena também receberá asfalto em junho de 2014 (R$ 4 milhões). O Jardim Seminário e o São Caetano receberão R$ 15 milhões. A Vila Lídia mais R$ 1 milhão. O bairro Nossa Senhora das Graças terá R$ 15 milhões. A Vila Nasser e o Santa Luzia receberão asfalto em março de 2016 na ordem de R$ 24 milhões. Mobilidade Além deste financiamento de R$ 313 milhões para pavimentação, a Prefeitura assinou outro no valor de R$ 180 milhões para o projeto de mobilidade urbano, que prevê a construção de três novos terminais (Parati, Tiradentes, Avenida das Cafezais, e São Francisco), a construção de um viaduto na rotatória das avenidas Gury Marques/Interlagos, além da implantação de três corredores de transporte. A Prefeitura espera licitar ainda este ano o corredor sudeste (terminais Aero Rancho/Nova Bahia). Neste corredor está previsto o recapeamento das avenidas Gunter Hass;Bandeirantes;Cônsul Assaf Trad e Brilhante. Heloísa Lazarini com assessoria