14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Resposta

Comissão se reúne na segunda sobre situação de servidores da saúde

A- A+

Uma comissão multidisciplinar deve se reunir na próxima segunda-feira, dia 23, na Secretaria de Administração do município com representantes de todas as áreas da saúde da capital, entre secretários, vereadores e profissionais da saúde para discutir a melhor forma de decidir sobre a situação dos servidores municipais nas UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) e CRSs (Centro de Referência da Saúde).

“Foi um avanço sair de uma audiência pública hoje com a casa cheia, mais de 400 pessoas. É preciso fazer uma readequação, mas de comum acordo com os funcionários sem prejuízo para os usuários, que é o principal objetivo da saúde. Na segunda, vamos será tomada uma decisão para que não haja uma insatisfação dos funcionários e nem da população de Campo Grande”, disse ao MS Notícias o vereador Paulo Siufi (PMDB), presidente da comissão permanente de saúde da câmara de vereadores.

Má gestão - Para o vereador Paulo Pedra (PDT), está havendo um descontrole diante a saúde da capital por parte da gestão atual. “É uma farra na distribuição de cargos comissionados”, exclamou o vereador, justificando que existem muitos comissionados ganhando salários altos de até R$ 8 mil.

A vereadora Luísa Ribeiro (PPS) também criticou a gestão do prefeito Gilmar Olarte (PP). “Com a entrada de Olarte na prefeitura a situação ficou descontrolada”, pontuou.

“O trabalho está descentralizado. A pessoa caiu de paraquedas no cargo [Olarte]. O dinheiro público está sendo desperdiçado”, disse o vereador Marcos Alex (PT).