10 de abril de 2021
Campo Grande 35º 20º

TCE-MS

Conselheiros reelegem nova diretoria do TCE-MS

A recondução do conselheiro Waldir Neves ao cargo de presidente para o biênio 2017/2018 teve unanimidade do corpo de conselheiros da Corte de Contas. A escolha, feita pelos sete membros, ocorreu em uma Sessão Especial com voto secreto. A eleição teve convocação prévia para conhecimento público por meio de edital publicado no Diário Oficial do TCE-MS em 04 de julho de 2016, oficializada às 14h desta quarta-feira (10/08). A votação reconduziu, ainda, Ronaldo Chadid à vice-presidente e o conselheiro Iran Coelho das Neves ao cargo de corregedor geral do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul.
 
Com a eleição desta quarta-feira, o TCE-MS escolhe a 21º gestão administrativa que, desde a fundação da Instituição, foi presidida por 11 conselheiros, visto que regimento prevê recondução de membros da diretoria.  O biênio da nova gestão terá início em primeiro de janeiro de 2017 com duração até 31 de dezembro de 2018.Ao ser reeleito o conselheiro Waldir Neves agradeceu, mais uma vez a confiança depositada pelos demais conselheiros em seu modelo de gestão, “Minha vontade e disposição é de acertar sempre, e essa demonstração de confiança nos dá muito mais vontade de fazer cada vez mais o que é o correto, de fazer sempre o melhor”.
 
O conselheiro afirmou ainda que a partir de 1º de Janeiro de 2017, quando toma posse, a nova fase de sua gestão continuará pautada numa gestão compartilhada, trabalhando com humanidade e humildade; “aqui no Tribunal de Contas temos um grupo muito qualificado que tem nos ajudado em nossa administração, e nossa reeleição surgiu com esse pensamento, o de continuar desenvolvendo nossos trabalhos com efetividade e cada vez mais unidos para que juntos possamos, cada vez mais, construirmos um Tribunal que seja orgulho para toda a sociedade e para que as pessoas saibam que o TCE de Mato Grosso do Sul, realmente tem cumprido o seu papel”.
 
A conselheira Marisa Serrano parabenizou a reeleição dos conselheiros e lembrou que, “esta semana, está sendo decisiva para o futuro dos Tribunais de Contas do País, já que o Supremo Tribunal Federal concluirá o julgamento do Recurso Extraordinário que poderá reafirmar a competência dos Tribunais para julgar as contas de gestão dos prefeitos”, afirmou.
 
A conselheira lembrou também que durante essa semana, será definido o futuro do Projeto de Lei que disciplina sobre a renegociação das dívidas dos estados e altera a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), “o que impactará, e muito, na administração pública como um todo incluindo a administração dos Tribunais”.
 
A conselheira Marisa Serrano, ainda aproveitou o momento para reafirmar alguns compromissos que a Corte de Contas deve pautar em sua gestão: “Quero repactuar com a Corte de Contas, a continuidade nos investimentos que venham aprimorar nossa atividade de Controle Externo, e o investimento em tecnologia e em nossos servidores. A par dessas preocupações fico feliz em cumprimentá-los, e desejo uma boa caminhada a todos nós”.Para o conselheiro e vice-presidente Ronaldo Chadid, a reeleição de Waldir Neves não foi por acaso; “certamente o trabalho profícuo que desenvolveu a frente da gestão desta Corte, o credenciou novamente para exercer o novo mandato. Durante esse período fomos testemunhas e contribuímos no sentido de que a gestão fosse aprimorada através de investimentos em tecnologia, do chamado de novos auditores concursados, através de cursos, palestras, seminários, enfim, o senhor, presidente Waldir Neves, realizou uma série de atos que transformaram o TCE-MS em um órgão efetivo e a comunidade da Capital e do estado reconhece o seu trabalho”. 
 
Por fim, o vice-presidente ressaltou a forma democrática de administrar de Waldir Neves: “Vossa excelência trata os seus pares com toda atenção, tanto que o slogan de sua administração é a de uma gestão compartilhada, e sou testemunha que durante o período que esteve à frente da presidência, o senhor sempre discutiu todos os projetos com os seus colegas conselheiros e com o Ministério Público Estadual. Desejo que o senhor continue trabalhando assim em sua nova fase”, concluiu Ronaldo Chadid.  
 
Dos membros da chapa que foram reeleitos, Waldir Neves está no TCE-MS desde julho de 2009. Nesse período ocupou  o cargo de ouvidor e foi eleito à presidência em outubro de 2015. Sua administração foi referenciada por um amplo projeto de modernização, gestão compartilhada e papel pedagógico que promoveu conhecimento aos servidores e jurisdicionado com vista a consolidar eficiência e transparência nos gastos do dinheiro público. Ronaldo Chadid ingressou no TCE-MS em fevereiro de 2012. O conselheiro é oriundo do Ministério Público de Contas, onde exerceu a o cargo de procurador desde 1990, corregedor e procurador-chefe. Iran Coelho das Neves se notabiliza por ser o primeiro e único servidor da Corte de Contas a chegar ao cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul.AVANÇOS
 
O trabalho desenvolvido pela atual gestão deu início a uma nova e reconhecida administração em nível nacional. Foram planejados 152 projetos e ações, muitos já concluídos, como por exemplo: E-Protocolo, Ponto Eletrônico, Certidão On-line, Gestão de Resíduos Sólidos, Indicadores da Saúde e Educação, Marco de Medição da Qualidade, a nova plataforma para Educação à Distância, Ouvidoria, Controle Interno e um efetivo programa  de capacitação dos servidores e técnicos dos órgãos jurisdicionados, um dos pontos mais enfatizados pelo presidente Waldir Neves: “Não adianta só prepararmos os técnicos responsáveis diretos na prestação de contas junto ao Tribunal; precisamos também capacitar todos aqueles que administram e lidam com os gastos do dinheiro público, como, por exemplo, as diretoras de escolas e outros”, destacou. Afirmou ainda, que “é preciso que esse dinheiro seja bem aplicado, bem gasto, e que o retorno ao cidadão, seja a qualidade no serviço”, frisou.
 
Outro aspecto notável foi a implementação de uma nova política de comunicação para colocar o TCE-MS mais perto das pessoas e permitir com que todos possam ter um pleno conhecimento do papel da Instituição. Com isso, foram criados a Rádio WEB, página em Facebook, Whatsapp e novos formatos para a programação de TV e vídeos institucionais, que já possibilitaram mais 1,6 milhão de visualizações sobre as atividades da Corte de Contas do MS, um número recorde entre todos os Tribunais estaduais e municipais do Brasil. São ações que projetam o TCE-MS para o futuro, objetivando a excelência nos serviços públicos aliado aos anseios da sociedade.
 

No ano de 2015, tramitaram 14.529 processos no TCE-MS. Houve um aumento de 77% de processos julgados pelo Pleno; 39% na 1° Câmara e na 2° Câmara 134%, demostrando a evolução nos resultados, evidenciados no julgamento das contas. Nas decisões singulares, em que cada conselheiro tem a tarefa de decidir individualmente, houve um aumento significativo de 23%.