14 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

H1N1

Das cinco pessoas internadas quatro tiveram alta da UTI da Santa Casa

Quatro dos cinco pacientes que estavam internados nas UTIs da Santa Casa com H1N1 confirmado, receberam alta neste final de semana. Eram três adultos e duas crianças na sexta-feira (28) e o quadro se alterou drasticamente durante o final de semana. Uma jovem que estava entre os adultos recebeu alta médica e foi para casa, enquanto os outros dois adultos tiveram alta de UTI e foram para enfermarias.

Das duas crianças uma teve os tubos orotraqueais retirados no fim de semana e também recebeu alta da UTI na manhã desta segunda-feira (30). Dos cinco apenas a mais jovem, de um ano e nove meses, permanece em UTI e carece cuidados pela gravidade do caso. A paciente está entre os considerados de grupo de risco (menos de dois anos) e segue em tratamento padrão para a enfermidade.

A saída da UTI implica em considerável melhora do quadro clínico do paciente. Segundo os infectologistas responsáveis a alta da UTI significa que os parâmetros evoluíram em direção à normalidade, ou seja, clinicamente o paciente passa a contar com resultados de exames melhores e fisicamente evolui para, por exemplo, a independência de auxílio mecânico para respirar e fim da necessidade de tratamentos intensivos.

Os pacientes que recebem alta médica para irem embora são porque não apresentam mais nenhum risco que implique na necessidade de internação. Entre estes riscos está o da possibilidade da contaminação de terceiros, que não ocorre mais.