19 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Depois de reclamação dos pais, Olarte promete "dar um jeito" em horário dos Ceifns

A- A+

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), anunciou hoje durante agenda pública que pretende "dar um jeito" nos horários dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) para evitar que 1160 crianças entre quatro e cinco anos permaneçam apenas cinco horas nas unidades.

Depois de segunda-feira, quando a prefeitura anunciou que iria reduzir de oito para cinco horas o tempo de permanência de 1160 alunos dos Ceinfs da capital para abrir mais vagas, os pais se revoltaram e muitas mães está preocupadas com medo de perder emprego por não ter com quem deixar seus filhos no restante do dia, sendo que o horário comercial de trabalho é de oito horas por dia.

A decisão foi criticada também pelos vereadores que questionam a redução, uma vez que hoje existem 12 Ceifns em construção na Capital, cujas obras estão há quase dois meses paradas, dos quais seis estão praticamente prontos, faltando apenas ser mobiliados. Cada Ceinf abriga em média 250 crianças, se os seis Ceinfs fossem entregues até 2015, 1500 crianças seriam atendidas.

Olarte não entrou em detalhes de como pretende resolver o problema, apenas anunciou que irá solucionar.

Heloísa Lazarini e Leide Laura Meneses