25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Eduardo Romero envia carta ao prefeito pedindo reavaliação das tarifas de ônibus na Capital

A- A+

Com a oficialização do reajuste da tarifa do transporte coletivo para R$ 2,99, o vereador Eduardo Romero (PTdoB) protocolou hoje, carta ao prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), solicitando a reavaliação dos índices antes da publicação do Decreto Municipal. De acordo com o parlamentar, o índice de 10,74% sobre as tarifas dos ônibus convencionais, executivos e também para as datas de tarifa reduzida, são motivo de descontentamento dos usuários.

Eduardo Romero ainda expõe o descumprimento de marcos contratuais entre a prefeitura e o Consórcio Guaicurus, como o sistema de informações georreferenciadas, expirados no 24º mês da assinatura do contrato, completados no último dia 25 de outubro, além de problemas pontuais referentes à qualidade do serviço prestado, como superlotação, mau funcionamento da internet WiFi nos coletivos, constantes problemas nos elevadores dos veículos adaptados pra cadeirantes, entre outros.

Outro apontamento do vereador se refere ao sucateamento dos terminais de ônibus, objeto de uma campanha que reuniu cerca de 15 mil assinaturas pedindo a reforma dos terminais. “Como usuário do transporte público e meios alternativos – como a bicicleta e carona – ouço muitas reclamações, que nos motivaram a apresentar o Levantamento do Sistema Municipal de Transporte Coletivo de Campo Grande. As pessoas se mostram dispostas a bancar um reajuste que não seja alto e que, acima de tudo, valha a pena por conta da qualidade do serviço prestado, o que não está acontecendo até agora”, comentou Romero.

A carta foi protocolada na prefeitura às 13h de hoje, destacando em sua assinatura as prerrogativas da fiscalização e mediação do vereador entre a comunidade e o Executivo Municipal.

Karla Machado com Assessoria