09 de maio de 2021
Campo Grande 30º 15º

Campo Grande

FAC disponibiliza oficina de quibe especial para o dia das mães

A- A+

Para quem ainda não escolheu como passar o domingo de Dia das Mães, comemorado no próximo domingo, dia 9, o Fundo de Apoio à Comunidade (FAC), em parceria com a Secretaria de Assistência Social (SAS), lança mais uma videoaula especial, onde a chef Adir Diniz ensina a fazer  quibe assado e frito.

Uma receita fácil e rápida. Até quem não sabe cozinhar consegue fazer este prato que, por ser bem econômico, agrada além do paladar, o bolso. Para assistir as aulas é preciso fazer a inscrição no link bit.ly/especialdiadasmaesfac, que em seguida permitirá o acesso automático para o Youtube.

Conforme Tatiana Trad, primeira-dama de Campo Grande e gestora do FAC, com o curso especial de Dia das Mães é possível empreender e aproveitar para fazer um almoço delicioso para elas. "Difícil quem não goste de quibe, seja assado ou frito. Ele agrada pessoas de todas as idades", destaca.

O FAC e a SAS têm todo um cuidado na questão de planejamento dos cursos. As aulas gravadas são criteriosamente estudadas e analisadas para trazer receitas práticas e que estão em alta no mercado. "Na parte de salgado, o quibe é um dos mais vendidos atualmente, conforme pesquisa realizada no mercado de trabalho. Além de ser um salgado que todos gostam, ele ajuda no sistema digestivo. O quibe assado é uma excelente opção para almoço ou jantar", analisa Adir.

O quibe é um prato original da cultura árabe. Além de muito nutritivo, auxilia no sistema digestivo. Apesar de ser originário do Oriente Médio, é um prato popular na América do Sul. O quibe só chegou no Brasil graças as mãos dos imigrantes libaneses que vieram para cá e incorporaram essa receita tipicamente árabe em nosso País.

Frito, assado ou cru, o quibe é preparado com carne moída, trigo e temperos como cebola, hortelã e pimenta. Tradicionalmente, utiliza-se a carne de carneiro, muito consumida nos países árabes. No Brasil, entretanto, o prato foi adaptado com a carne de boi, que é mais abundante.

O quibe frito, o mais popular no Brasil, é preparado com trigo de quibe e recheado com a carne. Dizem os mais experientes que as melhores carnes para o prato são a alcatra, o patinho e o contrafilé, pois têm pouca gordura ou nervo. Quando cru, o quibe é servido com cebola, hortelã e azeite

Clique no link abaixo para assistir a receita do quibe assado e frito: bit.ly/especialdiadasmaesfac