12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Trânsito Seguro

Infrações de trânsito serão fiscalizadas com mais rigor, diz BPTran

A falta de responsabilidade e prudência por parte dos condutores nas ruas de Campo Grande devem ser alvo de fiscalização mais rigorosa pelo BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito). 

Flagrantes feitos pelo MS Notícias mostram que muitos condutores são negligentes no trânsito, usam celular durante tráfego ou simplesmente não usam itens de segurança como o capacete para os motociclistas.

De acordo com o comandante do BPTran, Tenente Coronel Tolentino, no último final de semana foi realizada blitz no centro e periferia da cidade. A Operação Saturação foi realizada na sexta, sábado e domingo, na Avenida Ernesto Geisel e na Rua da Divisão no bairro Aero Rancho, e foram feitos 206 autos de infração, sendo um grande número de condutores flagrados sem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Foram apreendidos 75 veículos, sendo 42 motocicletas e 33 carros, e 15 condutores foram presos por estarem conduzindo veículo embriagados.

“Os motociclistas são os que mais morrem e os que mais cometem infrações no trânsito da capital. Isso demonstra que o condutor de Campo Grande é um mal condutor, pois infringe tudo que aprendeu na auto – escola. O condutor ainda não entendeu que as regras são para a segurança dele. Estatísticas comprovam que o uso do celular e a troca de CD  nos carros ocasionam acidentes gravíssimos. Para reduzir esses números, é preciso mais educação dos condutores e nós faremos mais fiscalizações na cidade”, disse ao MS Notícias o comandante da BPTran.

O Coronel Tolentino ressaltou que, para auxiliar e tornar mais eficiente o trabalho do batalhão nas ruas, dois radares móveis vão ser adquiridos. “É uma tecnologia ótima para flagrar infrações e multar. O radar flagra excesso de velocidade, flagra o condutor ao celular e sem cinto de segurança, isso a 900 metros de distância. O desrespeito às leis de trânsito serão mais fiscalizadas e punidas”, contou Tolentino, afirmando que a previsão dos equipamentos estar em funcionamento é de 3 meses.

Multas – O condutor flagrado em alta velocidade, acima 50% do mínimo permitido na via, recebe multa de R$ 574,62, sendo infração gravíssima e 7 pontos na carteira. Para flagrante ao celular, a multa é média de R$ 574 e 4 pontos. Já para condutores flagrados sem cinto de segurança, a lei prevê multa grave de R$ 127,69 e 5 pontos na CNH.

“A informação é acessível. Existem campanhas educativas, mas infelizmente o condutor só se conscientiza quando mexe no bolso dele”, finalizou o coronel Tolentino. 

Raça mais inteligente do mundo, cachorro Tobias foge e tutor oferece R$ 1 mil por resgate
PROCURA-SE
há 2 horas

Raça mais inteligente do mundo, cachorro Tobias foge e tutor oferece R$ 1 mil por resgate

Com lockdown adiado na Capital, MS registra mais de 70 mortes por Covid-19 em 24h
CORONAVÍRUS | MS
há 2 horas

Com lockdown adiado na Capital, MS registra mais de 70 mortes por Covid-19 em 24h

Pesquisa a 24h da eleição mostra candidata do PP com o dobro de votos de candidato tucano
SIDROLÂNDIA | ELEIÇÃO 2021
há 3 horas

Pesquisa a 24h da eleição mostra candidata do PP com o dobro de votos de candidato tucano

PRF apreende 125 Kg de maconha em Caarapó (MS)
Polícia
há 4 horas

PRF apreende 125 Kg de maconha em Caarapó (MS)

Com premiação de R$ 10,8 mil, Prêmio Inova UEMS está com inscrições abertas
Política
há 8 horas

Com premiação de R$ 10,8 mil, Prêmio Inova UEMS está com inscrições abertas

Áreas de convívio do novo Parque dos Poderes contarão com totem refrescante à academia
Política
há 8 horas

Áreas de convívio do novo Parque dos Poderes contarão com totem refrescante à academia