27 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Comerciantes e vereadora sobrem revitalização da antiga rodoviária

A- A+

O que antes era um ponto de grande fluxo de pessoas, hoje se tornou deserto e gera preocupação entre os comerciantes da região central de Campo Grande. A antiga rodoviária é um dos principais assuntos discutidos durante a audiência pública sobre mobilidade urbana que está sendo realizada na Câmara Municipal da Capital.  De acordo com a vereadora Luiza Ribeiro (PPS), a prefeitura deveria dar mais atenção ao prédio da antiga rodoviária e criar uma praça de alimentação para os empresários que deixaram a avenida Afonso Pena, para trabalhar com a venda de lanches no local. “O grande problema é que a prefeitura não ocupou as áreas da antiga rodoviária. Os empresários que trabalham com lanches saíram da avenida Afonso Pena e eu acredito que nada mais justo do que a prefeitura ter criado uma praça de alimentação para eles. O correto seria puxar grande parte do tempo comercial para aquela região porque lá tem muitas vagas para a população estacionar e é justamente o que falta no centro”. Concordando com as afirmações da vereadora, o presidente de segurança da região central, Adelaido Luiz Spinosa ressaltou que a prefeitura deveria revitalizar o prédio da antiga rodoviária.  “É preciso fazer revitalização do prédio. A prefeitura não parou ainda para pensar que enquanto o local não é habitado, o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) fica atrasado. A antiga rodoviária era nosso antigo shopping, é inadmissível que um local daquela dimensão não tenha movimento ”. Dany Nascimento e Junior Cordeiros