23 de abril de 2021
Campo Grande 31º 19º

Mais de 5 mil pessoas são abordadas na 9° edição da operação 'Cidade Tranquila'

A- A+

Com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade , mais uma edição da operação "Cidade Tranquila" foi realiza em campo grande. Contando com o apoio da guarda municipal, a  Polícia Militar de Mato Grosso do Sul  abordou mais de 5 mil pessoas e conseguiu recuperar sete veículos furtados ou roubados na capital.

A ação realizada em 11 regiões que abrangem mais de 50 bairros da Capital, foi acompanhada de perto pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública Sílvio Maluf e pelo comandante do CPM,  coronel Francisco Assis Ovelar. “Essa operação demonstra que a polícia está presente em todos os locais e que estamos trabalhando diuturnamente para coibir a ação de marginais e reduzir os índices criminais em Campo Grande”, afirmou o secretário.

A operação contou com um efetivo de mais de 200 homens da Polícia Militar e da Guarda Municipal e 26 viaturas, que abordaram 5.038 pessoas e 3.054 veículos, sendo que 8 delas eram foragidas da justiça e foram presas e outras 3 conduzidas para delegacias da Polícia Civil para autuação em flagrante.

Dos veículos abordados,106 estavam  irregulares ou com documentação atrasada e foram removidos para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito, 22 condutores tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida. A Polícia Militar ainda lavrou 201 autos de infração e 75 autos de recolhimento de documentos.

“Queremos garantir um final de ano tranquilo para a população de Campo Grande e por isso intensificamos as operações para tirar de circulação veículos irregulares, foragidos da justiça, bem como demonstrar a presença da polícia nos locais apontados como mais críticos pela Superintendência de Inteligência da Sejusp”, explica o coronel Ovelar. Ele garante que as ações irão acontecer pelo menos uma vez por semana em pontos estratégicos de Campo Grande.