19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Cinema

MIS exibe filmes franceses em homenagem as vítimas do 14 de julho

 De 25 a 29 de julho, sempre às 19h, serão exibidos filmes que retratam a pluralidade e a intensidade da sétima arte gaulesa.

A mostra faz parte do projeto CineMIS e é uma parceria da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul com a Aliança Francesa de Campo Grande. A entrada é franca.

A seleção de filmes representa de forma marcante o caráter heterogêneo da produção local e também celebra o 14 de julho, a mais importante data cívica para os franceses (Queda da Bastilha, marco da Revolução Francesa).

Com essa realização o projeto realiza uma homenagem também as vítimas do atentado de Nice (França), que ocorreu na última quinta-feira (14), justamente quando a população comemorava a data da Queda da Bastilha, marco da Revolução Francesa. 

História 

A queda da Bastilha foi o evento decisivo para o início da Revolução Francesa de 1789. A Bastilha era uma velha fortaleza construída em 1370, utilizada pelo regime monárquico como prisão de criminosos comuns. 

Na regência do Cardeal Richelieu, porém, o prédio foi transformado em prisão de intelectuais e nobres, especialmente os opositores à ordem estabelecida, seja em relação à monarquia, sua política ou mesmo à religião católica, oficial no período monárquico.

A invasão da fortaleza pelo povo de Paris, em 14 de julho de 1789 é a data referencial para marcar as comemorações da Revolução Francesa.

Programação 

Todas as sessões são gratuitas e têm início às 19 horas. Serão exibidos em idioma original com legendas em português os filmes “O Capital”, de Constantin Costa-Gavras, “Minha vida, África”, de Claire Denis, “Masculino-Feminino”, de Jean-Luc Godard, “Polissia”, de Maïwenn e “A Comédia do Poder”, de Claude Chabrol.