04 de maro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Mata do Jacinto

Mato alto, buracos e pichações retratam abandono do bairro Mata do Jacinto

Mato alto, falta de policiamento, vandalismo e ruas esburacadas. Assim como em outros bairros da Capital, problemas como esses se repetem há meses e moradores da Mata do Jacinto, região leste de Campo Grande, esperam por uma solução.

Repleto de pichações, o Centro Comunitário está fechado há tanto tempo, que os já moradores perderam as contas. “Eu nem me lembro mais a última vez que vi ele funcionando, de vez em quando alugam pra festa, mas não é isso que a gente queria. O lugar poderia servir pra coisa muito mais importante, como escolinha de reforço escolar e outras atividades”, diz a moradora Maria Cecília Lino.

Na praça, meninos brincam no único espaço, que por ser calçado, ainda não foi tomado pelo mato. “Antes até era bem cuidadinho aqui, mas de uns meses pra cá o mato cresceu e ninguém veio cortar”, comenta Ricardo Lopes, 13 anos.

O bairro possui mais de 10 mil habitantes, que passam todos os dias por ruas totalmente esburacadas. Um motorista nos conta que o problema piora a cada chuva e não é resolvido desde novembro do ano passado. 

A Prefeitura de Campo Grande lançou em novembro de 2015 Operação Tapa-Buraco, ao custo de R$ 6 milhões. A empreitada tem duração de 90 dias, ou seja, termina em 12 de fevereiro. Porém, até momento, segundo moradores, o bairro Mata do Jacinto não foi atendido. De acordo com Prefeitura, o bairro está incluso na operação, porém, não há data definida, pois as empresas responsáveis pelo serviço não repassam ao Município local onde será feito "tapa-buraco" com antecedência. 

 

Governo publica decreto para realização de concurso com 250 vagas para peritos
SEGURANÇA PÚBLICA
há 4 horas

Governo publica decreto para realização de concurso com 250 vagas para peritos

Prefeitura selecionará quatro profissionais intérpretes de LIBRAS
PROCESSO SELETIVO
há 5 horas

Prefeitura selecionará quatro profissionais intérpretes de LIBRAS

Coronel referência em MS, Adib Massad morre aos 91 anos
#LUTO
há 5 horas

Coronel referência em MS, Adib Massad morre aos 91 anos

Tacuru: 10 dias após decapitação, nem cabeça e nem suspeito são localizados
INVESTIGAÇÃO
há 7 horas

Tacuru: 10 dias após decapitação, nem cabeça e nem suspeito são localizados

Polícia reforça segurança no Capitólio após aviso de extremistas de direita
INTERNACIONAL
há 7 horas

Polícia reforça segurança no Capitólio após aviso de extremistas de direita

Coleira antipulgas pode ter provocado a morte de 1.700 animais nos EUA
DENÚNCIA | INTERNACIONAL
há 7 horas

Coleira antipulgas pode ter provocado a morte de 1.700 animais nos EUA