22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Jamal nega irregularidades e afirma desconhecer investigação sobre ele e prefeitura

A- A+

O titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Jamal Salem afirmou na tarde de hoje, que não recebeu nenhuma notificação sobre inquérito conduzido pelo MPE (Ministério Público Estadual) sobre irregularidades nas unidades de saúde de Campo Grande e sobre possível prática irregular de sua parte por ter cancelado sindicâncias internas da secretaria.

Entre as sindicâncias em andamentos que foram suspensas por Jamal logo que assumiu a Sesau, estava o processo que investigava denúncias sobre o vereador Paulo Siufi (PMDB), que estria recebendo por serviços médicos não prestados no distrito de Aguão, distante 40 km da Capital.

“Eu não recebi nenhum inquérito até o momento, estou sabendo desse assunto por vocês”, diz o secretário.

Questionado sobre os assuntos apontados nos inquéritos como a falta/insuficiência de equipamentos/aparelhos, e falta de médicos plantonistas nas unidades dos bairros: Itamaracá e Três Barras, ambas região leste da Capital; Estrela do Sul, Mata do Jacinto e Nova Bahia, região norte da Capital, o secretário nega os problemas e garante que isso não existe.

“O que eu posso afirmar é que temos plantonistas suficientes trabalhando hoje em Campo Grande e que a saúde melhorou e muito”, finalizou Jamal.

Dany Nascimento