24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

Campo Grande

Novo aplicativo transmite aulas da Reme por meio de podcasts

A- A+

Com aulas remotas para os alunos da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande desde março de 2020, por conta da pandemia da Covid-19, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) oferece mais uma opção de acesso aos conteúdos, por meio de podcasts disponíveis no aplicativo da Rádio Reme.

A iniciativa já está em funcionamento e conta com aulas específicas gravadas em formato de áudio, por professores da Rede. Os podcasts podem ser descarregados da internet e ficam disponíveis para serem ouvidos em qualquer dispositivo (computador, celular, tablet).

O aplicativo (App) Rádio e TV Reme foi lançado em agosto do ano passado e serve de ferramenta para as aulas remotas. Por meio do aplicativo, os alunos podem ouvir os podcasts e acessar o Youtube da TV Reme, por meio do qual todas as aulas transmitidas no canal 4.2 da TVE ficam disponíveis.

A novidade são as aulas exclusivas em áudio. Até o ano passado, o aplicativo da Rádio Reme retransmitia a programação da TV Reme. "Está em alta o podcast, todo mundo só fala nisso, então começamos a implementar", explicou o diretor da TV Reme, João Robson de Souza.

A gravação de aulas em formato de podcast surgiu para que os professores tivessem outra opção para levar os conteúdos aos alunos, além da televisão. "No rádio, a linguagem é mais tranquila, mais leve, não fica engessado. Pode colocar participação do aluno, pode pedir para o aluno ligar, mandar mensagem. Tem interação", afirma Souza.

A nova plataforma está vinculada diretamente ao planejamento de aula, com o conteúdo dos cadernos impressos oferecidos pela Semed. O mesmo ocorre com as aulas da TV Reme, pois todo o conteúdo pedagógico é oferecido conforme o cronograma dos cadernos.

Com a aplicação dessa nova ação, os resultados da aprendizagem já surtiram efeito. Os alunos passaram a estabelecer contato com os professores e a produção do programa para comentar sobre os podcasts. "Os professores já observaram que o resultado está sendo satisfatório e se propuseram a gravar novamente", disse o diretor da TV Reme.

A inovação, aliada à necessidade de oferecer outros recursos para o aprendizado domiciliar, é avaliada de forma positiva pelos professores. "Eu achei que essa inovação foi mais um meio de comunicação entre o professor e o aluno. Contribuiu para que eu possa levar mais conhecimentos para meus alunos e outros da nossa Rede Municipal.", comentou a professora Inaiá Rosa Cherbakian, que atua nas escolas Nerone Maiolino e Professor Vanderlei Rosa de Oliveira.

"Gravar aula em podcast é um instrumento de educação fantástico, e a Reme inova mais uma vez. É um instrumento auditivo que atinge se não hoje, mas em breve, 100% de nossos alunos. A criança pode ouvir quantas vezes quiser. No podcast, o professor se sente mais à vontade", afirmou a professora Bya Narçay, da Escola Governador Harry Amorim Costa.

AULAS

No ar desde o dia 8 de junho de 2020, a TV Reme está disponível para os 110 mil alunos da Rede Municipal de Ensino, pelo canal 4.2 da TVE, e as videoaulas podem ser assistidas pela internet, no canal do YouTube https://www.youtube.com/channel/UCsC4oAnt5rZiGAEKYLAYBog/featured.

As aulas presenciais da Reme estão suspensas até o dia 1° de julho, conforme Decreto n. 14.613, publicado no Diogrande em 4 de fevereiro deste ano, mas o ensino para os estudantes da educação infantil, do ensino fundamental e da educação de jovens e adultos tem continuidade de forma remota.

As aulas do podcast e da TV Reme são elaboradas pelos professores da Rede, com o acompanhamento da Semed, e são gravadas no estúdio da TVE. A grade de programação atende aos alunos de todas as idades, com conteúdos específicos para cada ano escolar. A produção tem por base os conteúdos curriculares do 1° ao 9° anos do ensino fundamental, ensino médio integrado ao profissional técnico agrícola, além dos conteúdos direcionados aos alunos do berçário ao grupo 5 e aos alunos da EJA.

Os alunos da educação infantil têm acesso a contações de histórias, brincadeiras e jogos. Para os alunos do ensino fundamental, é trabalhado conforme o referencial curricular vigente, com temas nas áreas de língua portuguesa, matemática, história, geografia, ciências, inglês e arte.

As aulas também continuam disponíveis em outros meios utilizados pelos professores e pelas unidades escolares (aplicativos de conversa com vídeos e áudios), conforme a necessidade e adaptação de cada turma.