18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

Olarte usa evento do Propam para fazer curto balanço do primeiro ano de governo

Gilmar Olarte faz balanço de seu primeiro ano de governo e garante a retomada de investimentos ainda neste primeiro semestre

A- A+

Durante evento de diplomação das empresas participantes do Programa de Parceria Ambiental (Propam), realizado hoje (13) na Esplanada dos Ferroviários, com a presença das diversas empresas que “cuidam” de áreas públicas, em contrapartida com o uso de espaço publicitário. Compareceram ao evento compondo a mesa, além do prefeito Gilmar Olare, o vereador Carlão (PSB), representando a Câmara Municipal da Capital, e o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Heitor Pereira de Oliveira.

Olarte disse que em função do sucesso do programa, vai enviar alterações na lei para que as parcerias se estendam aos pontos de ônibus que hoje estão em condições precárias, sem iluminação, sem estrutura. A intenção é abrir licitação de 500 pontos de ônibus na primeira etapa, por ser uma cobrança da população.

Balanço

No balanço que fez desse primeiro ano de mandato, Olarte não poupou críticas ao ex-prefeito Alcides Bernal, sem no entanto mencionar seu nome, e creditou à antiga administração o caos financeiro que a prefeitura vem experimentando.

Acusando haver recebido a prefeitura com um déficit de R$ 285 milhões, o prefeito disse que conseguiu avançar para alcançar o equilíbrio financeiro, e que os projetos não avançavam, os empreendimentos estavam parados e, ainda, houve um decréscimo na média de crescimento da receita do município de aproximadamente 15% no ano de 2014.

“Agora começa um novo tempo. Começa o tempo da grandes, médias e pequenas obras. Unidades Básicas de Saúde serão construídas ou reformadas, e outras duas UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) serão entregues à população. Serão entregues nos próximos meses mais de 10 Ceinfs, sendo que a média era de dois por ano. (...) Vamos a todos os bairros, a todas as regiões, informar a população, prestar contas”, disse o prefeito.

?Olarte lembrou que neste ano em que a prefeitura enfrentou tantos problemas financeiros, conseguiu equilibrar os serviços por meio do equilíbrio das finanças, e que hoje não falta merenda, os uniformes e material escolar foram entregues no prazo, os postos de saúde possuem medicamentos, foram entregues 30 veículos novos para a Secretaria de Assistência Social, oito novos SAMUs, e considerou que isso representa um balanço positivo.

Sobre a inoperância administrativa de 2014, disse que isso ficou no passado e agora serão os tempos das obras. Serão 26 bairros asfaltados, o revitaliza centro, a partir de setembro. “Tudo o que estava no papel, será realizado. Os recursos estão alocados, o BID já aprovou o financiamento, os recursos da mobilidade urbana já está depositado na Caixa Econômica Federal para a execução das obras de recapeamento de diversas avenidas e ruas da Capital”, disse.

Essas informações, servem como resposta aos que perguntavam insistentemente quando as obras começariam, desabafou o prefeito, que disse entender que as críticas fazem parte e que o importante é ser lembrado.