25 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

Campo Grande

Parceria da SAS e Caixa capacita servidores sobre o Cadastro Único

A- A+

Com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento da população quanto ao Cadastro Único, a Superintendência de Proteção Social Básica da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) está realizando esta semana, a 1ª Oficina de Entrevistadores  de 2021, que visa a orientação quanto ao atendimento do Cadastro e programas sociais do Governo Federal.

Divididos em grupos, ao todo participam 80 servidores, entre entrevistadores e auxiliares administrativos, já atuantes, além de mais 12 novos servidores que atuarão nos Cras e na gestão do Cadastro Único.

A capacitação está sendo realizada pela Gerência de Gestão do Cadastro Único e ministrada pelas técnicas Ana Valquiria Leão, Claudiane Coimbra e Viviane Brandão em parceria com a Caixa Econômica Federal e o Comitê do Bolsa Família, com suporte remoto da técnica Mayara Almeida.

O secretário municipal de Assistência Social, José Mário Antunes da Silva ressaltou o empenho e a importância do trabalho dos técnicos que estão na linha de frente do atendimento junto à população. "Estamos em um momento crítico da pandemia, por isso a gestão está tomando todos os cuidados para que possamos trabalhar em segurança. É fundamental não esquecer as medidas de biossegurança. Todas as nossas unidades contam com equipamentos de higienização, por isso protejam-se. Precisamos muito do trabalho de vocês, mas o mais importante é preservar a saúde", pontuou.

De acordo com a superintendente de Proteção Social Básica, Inês Mongenot, a oficina é importante para manter os entrevistadores atualizados, pois eles são responsáveis pela coleta de dados e inclusão e manutenção constante das informações no sistema do Cadastro Único, por isso o planejamento é realizar uma atualização a cada dois meses. "Este é um trabalho fundamental porque é a porta de entrada para todos os benefícios socioassistenciais. Os entrevistadores não pararam mesmo com a pandemia e continuam cadastrando as famílias em vulnerabilidade", frisou.

O gerente executivo de Governo da Caixa, Carlos Fábio Gomes Damasceno, falou sobre a importância de estreitar o relacionamento com a Prefeitura na área social. "Estamos à disposição com todos os nossos técnicos e informações, especialmente nesse momento desafiador com a volta do Auxílio Emergencial, por isso o objetivo é orientar", destacou.

A equipe da Caixa está esclarecendo os servidores sobre os programas sociais e implicações das ações dos entrevistadores, além de tirar dúvidas sobre o pagamento dos benefícios.  A intenção é que eles tenham melhor compreensão dos campos a serem preenchidos, já que o cadastro irá nortear a cessão do benefício para as famílias. Além de trabalhar nos Cras, os entrevistadores também realizam visitas em domicílio para atender a população mais vulnerável, como os idosos.

O que é

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o município conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população.

Podem se cadastrar famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou total de até três salários mínimos, independente da constituição e dos vínculos que formam tais famílias.

As famílias que desejarem informações devem procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência com documentos pessoais de todos os membros familiares ou contatar pelo telefone 3314-4482.

No momento, existem 137 mil famílias cadastradas no sistema em Campo Grande.