23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

A partir do dia 20 mototristas ficam proibidos de estacionar na Julio de Castilho

Os motoristas tem até o dia 20 deste mês para estacionarem seus veículos na avenida Júlio de Castilho, no período das 6 horas às 10 horas e das 16 horas às 19 horas passarão a ser multados pelos agentes de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Trânsito). Agentes da Agetran, desde a primeira semana de abril, percorrem a avenida orientando  motoristas sobre as novas regras de estacionamento na avenida. Mesmo com este trabalho de conscientização e apesar de terem sido instaladas placas de orientação, é possível encontrar todos os dias dezenas de veículos estacionados ao longo da avenida durante o período de proibição. Em cumprimento a um acordo firmado com os comerciantes da região, por 90 dias (um mês apenas com fiscalização educativa), o estacionamento na avenida Júlio de Castilho será permitido entre 10 horas da manhã e 16 horas. Segundo o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba, a Júlio de Castilho é uma via rápida que não comporta estacionamento, assim como a avenida Eduardo Elias Zahran. Outra característica do trânsito na Júlio de Castilho é a proibição de conversão à esquerda. Os motoristas terão de recorrer às vias de acesso, percurso que tecnicamente é chamado de laço de quadra, para fazer o trajeto. Nesta semana, deve ser concluído o recapeamento das últimas três vias. A revitalização da avenida Júlio de Castilho foi iniciada em 22 de agosto de 2011. Do montante da verba para as obras, 5% vieram do Pró-Transporte e 95% do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), totalizando R$ 18 milhões. Foram executados 13,6 km de calçadas com piso tátil; instalados 38 abrigos de ônibus; refeito o pavimento da via em toda a sua extensão (6,8 km); implantados 3,3 km de drenagem e recuperados 9,7 quilômetros de vias que servirão de alça. Foi feito o realinhamento do eixo da via; criação do canteiro central e nova iluminação pública.três vias. Tayná Biazus