22 de junho de 2021
Campo Grande 29º 16º

Atividade Ilegal

PMA e 9º Batalhão fecham rinha em Campo Grande, MS

A- A+

Policiais Militares Ambientais e do 9º Batalhão de Campo Grande fecharam no sábado (28) uma rinha de galos no bairro jardim Veraneio na Capital. No momento da chegada dos Policiais, várias pessoas fugiram, porém, 21 foram detidas no local. Alguns veículos, dos quais não foram encontrados os proprietários foram catalogados como suspeitos e, se os proprietários foram identificados como participantes da rinha, também serão responsabilizados.

A PMA verificou no local a prática de rinha e foram apreendidos 60 galos domésticos da espécie galo-índio (Gallus gallus domesticus) e 90 gaiolas. Ainda foram apreendidas esporas artificiais, remédios, seringas, capas para transporte dos galos, duas arenas (rebolo), onde eram colocadas as aves para brigar, várias esporas e biqueiras artificiais e 90 gaiolas, onde são mantidos os animais. As gaiolas de madeira são apertadas com restrição de movimentos, privação de luz solar e circulação aérea inadequada, o que, por si só, caracteriza maus-tratos.

Os animais apresentavam diversos ferimentos na crista e peito, bem como todas as aves apresentavam-se mutiladas, com as esporas cortadas, sinais característicos de emprego dos animais em rinhas.

Os 21 infratores, residentes em Campo Grande, foram conduzidos à delegacia pela Polícia Civil na Capital e responderão por crime ambiental de maus-tratos a animais. A PMA confeccionou autos de infração e aplicou multa de R$ 30.000,00 contra cada infrator, perfazendo R$ 630.000,00.

Os galos e as gaiolas ficaram sob responsabilidade do proprietário da rinha, devido a falta de local adequado para serem levados. O fiel depositário precisa manter tudo como está, sob pena de prisão.