02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Prefeito busca em Brasília recursos para economia solidária

A- A+
O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP) e o diretor-presidente da Funsat, Cícero Ávila acompanhados do deputado federal Akira Otsubo (PMDB) e da assessora do senador Waldemir Moka (PMDB), Cornélia Manes, se reuniram hoje com o secretário nacional de Economia Solidária (Senaes/MTE), Paul Singer e o secretário-adjunto da Secretária Nacional de Economia Solidária/MTE, Roberto Marinho, para discutir a liberação de recursos do projeto orçado em R$ 4 milhões para implantação de um Centro Público de Economia Solidária na Capital. De acordo com o diretor da Funsat, o visa à liberação de recursos para os empreendimentos de Economia Solidária. “Além das ações de fomento aos empreendimentos da economia solidária, estamos viabilizando a liberação de recursos para o projeto de assessoria e qualificação que atendam os catadores de materiais reciclados”, explica o diretor da Funsat, Cicero Ávila. Pelo crescimento que passou a ter, nos últimos anos, Cícero Ávila defende um apoio maior a este segmento. "O que parecia um movimento alternativo de pessoas, foi criando corpo, movimento social e de economia local. Estamos encaminhando com o prefeito Gilmar Olarte para que sejamos exemplo e reconheçamos como política pública em Campo Grande. Na prefeitura, hoje, estamos propondo e lutando que seja construído uma Política Municipal, com um fundo de investimentos real e concretizando com uma Lei Municipal da Economia Solidária”, o diretor da Funsat.
Heloísa Lazarini com assessoria