24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

Campo Grande

Prefeitura dá continuidade a vacinação de idosos com 67 anos ou mais nesta sexta

A- A+

Nesta sexta-feira (26), a  Prefeitura de Campo Grande continua a vacinação de idosos com 67 anos ou mais, seguindo calendário pré-estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). É uma nova chance para quem perdeu a oportunidade de se vacinar.

A Sesau estabeleceu novos pontos de imunização para atendimento dos idosos. Além do Drive-trhu Parque Ayrton Senna, a Seleta e o Centro de Vacinação Guanandizão, 17 unidades de saúde estarão abertas durante todo o dia realizando a repescagem deste público.

A superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Veruska Lahdo, explica que, além de garantir o acesso e dar uma nova chance para aqueles que eventualmente perderam a data de se vacinar, a estratégia visa abranger o maior número de idosos que comprovadamente são mais suscetíveis a terem complicações mais graves por conta da doença.

"É extremamente importante que a gente consiga vacinar o maior número de idosos possível. É um público muito sensível para esta doença e que representa uma parcela significativa de internações e óbitos", complementa.

Locais de vacinação 

  • Drive-thru
    Parque Ayrton Senna
    Das 7h30 às 17h30 
  • Seleta
    Rua Dolor Ferreira de Andrade, 270 Centro
    Das 7h30 às 17h
  • Centro de Vacinação Guanandizão
  • Entrada pela Travessa Touro (Rua lateral)
    Das 7h30 às 17h 

Das 8h às 17h 

Bandeira 

Lagoa 

Segredo 

Prosa 

Anhanduizinho 

Vacinação

Campo Grande iniciou a vacinação emergencial contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro, menos de 12 horas da chegada da primeira remessa de vacinadas ao Estado. Até esta quinta-feira (25), 90.420 pessoas foram vacinadas na Capital, sendo que 25.689 já receberam a segunda dose, totalizando 116.109 doses aplicadas.

A ampliação e inclusão de novos públicos está condicionada ao recebimento de novas doses. A previsão é de que ainda nesta sexta-feira o Município receba uma nova remessa de vacinadas enviadas pelo Ministério da Saúde.