09 de maio de 2021
Campo Grande 30º 15º

Campo Grande

Prefeitura inicia campanha de vacinação contra influenza na próxima semana

A- A+

A partir da próxima terça-feira (13), a prefeitura municipal de Campo Grande irá iniciar a campanha de vacinação contra Influenza. Serão definidos calendários exclusivos para a imunização do público alvo, para evitar aglomerações e que os públicos desta e da campanha contra Covid-19 não se encontrem. 

De acordo com a superintendente de vigilância em saúde, Veruska Lahdo, a expectativa é que as unidades que estarão vacinando Covid-19 não recebam doses de Influenza. "Alguns pontos de vacinação permanecerão vacinando exclusivamente Covid e outros serão destinados para a aplicação de doses da Influenza. Os pontos maiores, como Drives e o Guanandizão terão portas exclusivas para cada uma das vacinas", explica. 

O município recebeu, na última quinta-feira (08), 32.750 doses do imunobiológico, que será destinado para a primeira etapa do público alvo. "Para não haver conflito na vacinação, este ano a divisão dos públicos será diferente. Nesta etapa serão vacinadas as crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes e puérperas e trabalhadores da saúde", completa a superintendente. 

Ela ainda reforça que, mesmo dividido o público ainda é muito grande para liberar a vacinação para todos de uma vez, então é possível que ainda haja uma subdivisão, fazendo com que cada um tenha um calendário específico. 

A recomendação do Ministério da Saúde é que a aplicação destas doses inicie já na próxima segunda-feira (12), porém, com a estratégia adotada pela Sesau  visando reduzir os riscos de infecção pelo novo coronavírus necessita de uma maior organização, sem impactar na imunização do público. 

Conflito de doses

Como estarão acontecendo, simultaneamente, duas campanhas de vacinação em Campo Grande, a Sesau reforça a necessidade de se manter atento à data de vacinação. Por não haver estudos que mostrem possíveis reações ou conflitos na imunização quando aplicadas as vacinas contra Covid-19 e Influenza juntas, é necessário aguardar alguns dias entre uma dose e outra.

A recomendação é priorizar a vacina contra Covid-19, contudo, se ainda não chegou a data para vacinação de um determinado público, mas ele já poderá receber o imunobiológico contra Influenza, orienta-se aguardar 15 dias antes da aplicação da outra dose.

O mesmo se dá para quem já tomou a vacina dos laboratórios Sinovac ou AztraZeneca, que deve aguardar o mesmo período, após a aplicação do reforço, para buscar a vacina contra Influenza.