27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Professores aguardam resposta sobre reajuste de piso até fim de 2015, segundo ACP

Presidente da do Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Lucílio Souza Nobre afirmou nesta segunda-feira (21) ao MS Noticias que espera resolver a questão do reajuste do piso salarial do professores antes de terminar 2015. A categoria exige cumprimento da  Lei Municipal 5411/2014 que estabelece integralização do piso municipal em 13,01%.

Segundo Lucílio Souza, prefeito Alcides Bernal (PP) abriu diálogo para resolver impasse que deflagrou greve de mais de dois meses nas escolas municipais neste ano, na Capital . "Da última reunião que tivemos[ dia 10 de dezembro] foram definidas duas comissões a dos professores e a da Secretaria de Governo. Prefeito disse que isso ajudará a ver quais os meios de fazer o reajuste”, disse presidente da ACP.

Contudo, apesar de já ter sinalizado possível acordo com profissionais da educação do município, ainda não foi marcada reunião definitiva para chegar a uma resolução concreta da questão. Professores estão na expectativa de resolver reajuste do piso salarial ainda neste ano. “Estamos confiando na promessa do prefeito, que fez um compromisso público com a categoria para resolver o problema. Hoje [segunda-feira] tentei falar com secretário de Governo Paulo Pedra, mas celular dele está desligado. Espero que nossa reunião aconteça entre hoje e amanhã”, ressalta Lucílio Souza.

A reportagem também tentou contato com secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais, Paulo Pedra, mas até o fechamento da matéria não houve retorno das ligações.