13 de junho de 2021
Campo Grande 26º 13º

Professores mais uma vez não são recebidos por Olarte e greve continua

A- A+

Os professores que estavam em frente a prefeitura aguardando um posicionamento do prefeito, com relação ao reajuste de 8,46% da integralização do piso nacional dos professores, que seria última parcela para totalizar o reajuste, acabaram não sendo recebidos pelo prefeito e foram embora da prefeitura, mas às 14hs haverá nova assembleia na ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação).

Segundo Geraldo Gonçalves, presidente da ACP a diretoria da classe foi chamada para ser informada, pelo secretário de governo, que o prefeito não poderia atendê-los, pois estava na posse do novo secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Valtermir Brito, que foi secretário municipal de administração e um dos principais nomes de Olarte em seu governo.

Os professores então se dispersaram e marcaram uma nova reunião para à tarde. Esta é mais uma vez que o prefeito não atende a diretoria da ACP para uma negociação com relação a esse reajuste, que já foi parcelado anteriormente e os professores se dispuseram a parcelar também os 8,46% em quatro parcelas, onde finalizaria o pagamento e janeiro, porém o prefeito Gilmar Olarte (PP), se mostra irredutível em negociar com a categoria que apenas quer que a lei se cumpra e que a classe seja valorizada, já que é uma das norteadoras para desenvolvimento intelectual, cultural  e profissional de um país.

Leide Laura Meneses e Tayná Biazus