22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Secretário descarta Ebola em médico veterinário na Capital

A- A+

O secretário Municipal de Saúde Pública, Jamal Salém, disse na tarde de hoje, dia 22, que a possibilidade do médico veterinário brasileiro de 38 anos, que está internado no Hospital Adventista do Pênfigo, estar com a doença Ebola, está descartada.

“Não há suspeita dessa doença em nossa capital, o caso dele é uma virose”, afirmou Salém. O hospital onde o homem está internado também descartou a hipótese da doença no médico veterinário.

Ebola - É uma doença causada por um vírus cujos sintomas iniciais incluem febre, fraqueza extrema, dores musculares e dor de garganta, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). À medida que a doença avança, o paciente pode sofrer de vômitos, diarreias e, em alguns casos, hemorragia interna e externa.

Pacientes com a doença podem morrer de falência múltipla dos órgãos ou desidratação; variedades diferentes da doença podem matar entre 50% e 90% dos infectados. Acredita-se que o vírus tenha sua origem entre morcegos. Os primeiros surtos de ebola ocorreram em vilarejos da África Central e Ocidental, segundo a OMS.