19 de setembro de 2021
Campo Grande 38º 25º

Campo Grande

Semana Santa: 5 lugares para entrar no clima da morte e ressurreição de Jesus

A- A+
source
A Igreja São Francisco de Assis, em Ouro Preto, é uma obras de Aleijadinho
Divulgação/ViajaNet
A Igreja São Francisco de Assis, em Ouro Preto, é uma obras de Aleijadinho

A quinta-feira santa, a Sexta da Paixão, o Sábado de Aleluia e o domingo de Páscoa, abrindo o mês de abril, na próxima semana, são dias muito importantes para os católicos. Anualmente, os fiéis tentam reviver, cada um à sua maneira, o percurso que Jesus de Nazaré teria feito, se despedindo de seus seguidores na última ceia, passando pela crucificação e ressuscitando no último dia. É, justamente em datas importantes, como na Semana Santa, que os  destinos de turismo religioso ficam em alta no Brasil.

Neste grave momento de pandemia, quando o Brasil atingiu a marca de 300 mil mortos pela Covid-19, o país passa por quarentenas e restrições rígidas em vários estados e cidades para evitar que a situação se torne ainda pior. Em alguns destinos, é possível conhecer pontos religiosos sem fazer aglomerações. É necessário ter em mente que, viajar neste período, será uma experiência única, diferente de outros momentos, já que é provável que vários lugares estejam fechados ou em funcionamento especial.


De acordo com o Ministério do Turismo, esse tipo de viagem, com objetivo religioso, de conhecer ou visitar novamente pontos considerados sagrados para determinadas crenças, pode movimentar até R$ 15 bilhões no Brasil por ano. O país foi marcado pela colonização católica, desde a chegada dos Jesuítas por aqui, então esses pontos geralmente são cheios de história e cultura brasileira. Confira as nossas sugestões:

Capela Dourada, por dentro, no centro do Recife
Reprodução
Capela Dourada, por dentro, no centro do Recife

Recife Sagrado (PE) A capital pernambucana tem diversas igrejas centenárias, basílicas, catedrais, muitas com arquitetura impressionante. Um verdadeiro patrimônio de arte sacra no país. Apesar de todo o estado de Pernambuco estar sob lockdown até o próximo domingo, 28, é possível que, na Semana Santa, as igrejas já estejam podendo abrir novamente para visitantes. Caso as restrições na cidade sejam prolongadas, por lá não é proibido circular nas ruas e ficar próximo de pessoas de um mesmo grupo familiar. Assim, é possível fazer um tour externo, caminhando pelas ilhas que o formam a cidade e conhecendo as principais igrejas coloniais. O uso de máscara é obrigatório. Fora da pandemia, a Secretaria de Turismo e Lazer da cidade mantém o projeto Recife Sagrado, que faz um circuito com visitas guiadas aos templos. Fazem parte do percurso: Madre de Deus, Capela Dourada, Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos do Recife, Basílica de Nossa Senhora da Penha, Santa Tereza D'Ávila da Ordem Terceira do Carmo, Nossa Senhora do Carmo e a Sinagoga Kahal-Zur Israel.

Um dos cenários de Nova Jerusalém
Reprodução
Um dos cenários de Nova Jerusalém

Teatro Nova Jerusalém, Fazenda Nova (PE) Ali perto, a 200 km do Recife, se encontra o Teatro Nova Jerusalém, dentro do distrito de Nova Fazenda, no município de Brejo da Madre de Deus. O destino costuma receber grandes peregrinações após o Carnaval, durante a quaresma, realizando grandes espetáculos, geralmente com atores globais, do Paixão de Cristo.

Você viu?

Maior teatro do mundo a céu aberto, Nova Jerusalém é uma réplica perfeita da Judeia Sagrada, onde Jesus teria vivido seus últimos momentos. Neste ano, como em todos os demais teatros, não haverá espetáculo. Mas, caso Pernambuco finalize o seu estado de quarentena no próximo domingo, 28, será possível visitar e ver o teatro onde a história é contada todos os anos. É importante ficar atento às restrições da pandemia por lá.

Basílica Nova de Nossa Senhora Aparecida
Reprodução
Basílica Nova de Nossa Senhora Aparecida

Aparecida (SP) A Basílica Nova de Nossa Senhora Aparecida está com a presença de fiéis suspensa neste período. A arquitetura do lugar é algo que impressiona a qualquer um, mesmo sem poder entrar. Fotos na área externa da basílica e na passarela da fé, que dá acesso ao templo, sem muita gente por perto pode ser coisa rara de se conseguir.

Aparecida também conta com o Morro do Presépio, que é em área externa. A alta temporada de turismo por lá não é no período da Páscoa, mas em outubro, na celebração do feriado da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

Círio de Nazaré
Sabrina Duran
Círio de Nazaré

Belém (PA) Também sob lockdown, até a próxima segunda-feira, 29, a cidade pode reduzir as restrições antes da semana santa ou estendê-las. É prudente ficar atento às decisões do governo antes de viajar para lá.

Com alta temporada de turismo religioso em outubro, por causa das celebrações do Círio de Nazaré, Belém pode ser um bom destino para a Semana Santa para quem quer percorrer seu próprio trajeto do sírio, relembrando as procissões passadas ou até cumprindo promessas antigas na trilha, já que as ruas da capital paraense costumam ser palco de pagadores de promessa de Nossa Senhora de Nazaré.

Os Doze Profetas de Aleijadinho são uma atração imperdível para quem passar por Congonhas na Rota do Ouro mineira
Luísa Dalcin
Os Doze Profetas de Aleijadinho são uma atração imperdível para quem passar por Congonhas na Rota do Ouro mineira

Ouro Preto (MG) Como todo o Brasil, a cidade não está livre de restrições, mas muitas das suas atrações podem ser vistas mesmo com os prédios fechados, como a arquitetura externa das igrejas coloniais e as famosas estátuas de sabão de Aleijadinho, na rota do ouro.

Uma das mais famosas com ornamentos do artista é a Igreja de São Francisco de Assis , construída em estilo barroco, com elementos decorativos Rococó. O artista brasileiro elaborou o projeto básico da fachada e da decoração em relevos e talha dourada, além de ter realizado várias obras com suas próprias mãos. Em 2009, o local foi classificado como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo e é parte do Patrimônio da Humanidade.

Fonte: IG Turismo