26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

Em dois meses, prefeitura agiliza obras paradas como o recapamento da avenida Guaicurus

O titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz garantiu que a licitação das obras de pavimentação para os 22 bairros de Campo Grande, com um investimento de R$ 317 milhões de recursos federais, foi aberta e terá início no próximo dia 15 de maio. Com previsão de um ano para serem entregues, as obra devem ser lançadas em solenidade que contará com a presença do ministro das Cidades, Gilberto Occhi a Capital no próximo dia 9 para participar da solenidade de assinatura de dois contratos de financiamento entre a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura no valor de R$ 491 milhões.

Esses recursos serão aplicados no projeto de mobilidade urbana (R$ 180 milhões) e execução de 400 quilômetros de pavimentação e recapeamento nas regiões urbanas Segredo e Imbirussu. De acordo com Semy, o pedido de autorização para licitar as obras do PAC Mobilidade que prevê a implantação de três corredores de ônibus, além da construção de um viaduto na rotatória da Avenida Interlagos com Gury Marques já foi enviado para a Caixa Econômica.

Segundo o secretário, as empresas que tiverem interesse e que atendam os critérios exigidos por lei, oferecendo também o melhor preço, podem ser escolhidas para executar a obra. “Diversas empresas podem participar, basta comprar o edital e atender os critérios exigidos pela lei. Na obra da Avenida Guaicurus, por exemplo, tivemos 25 empresas concorrendo e duas empresas que atendiam os critérios foram selecionadas para executar a obra. A empresa que oferecer o melhor preço também ganha destaque”, explica o secretário.

Semy ressalta que em dois meses de gestão, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP) conseguiu dar andamento a obras que estavam paradas na gestão passada, apresentando um excelente resultado à população. “Em primeiro lugar tivemos uma agilidade na questão da limpeza da cidade, conseguimos ter mais seis frentes de limpeza e isso é muito importante na hora de combater até mesmo a dengue. Além das equipes que tínhamos trabalhando, conseguimos mais seis lotes, deixando a cidade mais limpa”.

Além das ações de limpeza na Capital, Semy destaca o início das obras de revitalização da Avenida Guaicurus que estão em andamento. “Acredito que a revitalização da Avenida Guaicurus é uma das obras mais importantes no momento, o prefeito agilizou a licitação e conseguimos dar início às obras, apresentando um rápido resultado para a população campo-grandense, pois alguns motoristas que trafegam por pontos que já foram recapeados conseguem notar a diferença”.

Mobilidade urbana

Sudoeste - 21,73 km

Esse corredor exclusivo terá início no Terminal Aero Rancho, seguindo pela avenida Marechal Deodoro. Continuará pela avenida Bandeirantes, entra na Afonso Pena e segue até o Shopping Campo Grande, onde retorna pela outra pista, seguindo até em frente do Circular Militar, na rua Guia Lopes. De lá, passará pela rua Brilhante até atingir o Terminal Bandeirante e o Aero Rancho (pela avenida Marechal Deodoro).

Corredor Sul – 16,94 km

Avenida Gury Mary (sentido bairro-centro)Avenida Costa e Silva (sentido bairro-centro)

Rua Rui Barbosa (entre Hélio Castro Maia e avenida Mato Grosso)Rua 13 de Maio (entre Mato Grosso e Eduardo Elias Zahran)

Corredor Norte – 19,50 km

Rua Bahia (entre Afonso Pena e Coronel Antonino)Av. Coronel Antonino (rua Bahia/Terminal General Osório), Avenida Cônsul Assaf Trad (Terminal Nova Bahia/Terminal General Osório)Rua Alegrete (Entre avenida Mascarenhas de Moraes/25 de Dezembro)Rua Antonio Maria Coelho (entre a 14 de Julho e a Ceará.

Dany Nascimento