12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Servidores do Judiciário param em protesto por valorização salarial

A- A+

Cerca de mil servidores das principais comarcas do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, paralisaram as atividades por 15 minutos nessa quinta feira, em protesto por receberem um dos piores salários comparado aos demais Tribunais de Justiça do País.

Na capital, em média de 300 servidores se vestiram de preto e ocuparam, em um movimento pacífico, o saguão do Fórum Heitor Medeiros. De acordo com presidente do Sindijus – MS (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário), Fabiano Reis, “a luta é pelos nossos direitos, não podemos admitir este tipo de tratamentos que estamos tendo, pois nossa mão de obra é qualificada”, argumentou.

Os servidores buscam negociações com o Tribunal, e seguem em estado de greve até o fim do acordo. Segundo a Sindijus – MS, há possibilidade de parar por tempo indeterminado.