24 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 21º

ENTREVISTA | ÁUDIO | VÍDEO

Vídeo: marroquino quebrou a casa após misturar 'pinga com remédio', mostra envolvido

Envolvido em confusão diz que marroquino fugiu para não pagar estragos que fez na casa e nega ter feito ameaça contra o estrangeiro

Leia também

• Marroquino suspeito de agredir esposa, deixa Campo Grande

Envolvido em briga com o marroquino Mohamad, de 30 anos, o chef de cozinha e fotografo Thiago Mota, de 34 anos, nega que seja amante da esposa de Mohamad e diz que, devido a bebida ingerida com remédios, foi Mohammad que o atacou com faca dentro da casa no Carandá Bosque, na noite de ontem (27.out.2020), em Campo Grande.

Nessa manhã, reportagem de um site Top Mídia News, trouxe a versão do marroquino, que disse ter sido vítima de tentativa de assassinato e que por isso estaria deixando Campo Grande com destino à Dubai ou França, onde a família mora. 

O campo-grandense Thiago nega que tenha ameaçado o marroquino e diz que ele mente sobre a esposa, já que Thiago afirma ter namorada e que apenas seria amigo do casal.

"A verdade é que o Mohamed teve um surto devido a sua esposa abaixar o som. Ele logo começou a quebrar a casa toda puxando uma faca para ela. Eu entrei no meio e levei um soco na boca e falei para ela corre até lá na guarda [Guarda Municipal] ... E eu não sou suposto amante nem pensar. Sou apenas amigo do casal, onde prestava alguns serviço de reparo na residência”, introduziu Thiago. 

Ainda segundo o campo-grandense, o Mahamad teria tentado o golpear com a faca. Ouça abaixo:

Thiago ralatou que era amigo do casal há mais de 1 ano e que já brigou em outra ocasião com o amigo. Segundo ele, ontem, o marroquino começou a beber próximo às 16h, quando às 19h se alterou e quebrou toda a casa. Ele diz que o homem fugiu para não pagar os danos que causou ao imóvel. Ouça: 

Em vídeo enviado a reportagem Thiago mostra como ficou o interior do imóvel após, segundo ele, o marroquino enlouquecer e quebrar tudo.

Ao Top Mídia News, o marroquino disse nesta manhã que a mulher, que tem 50 anos, é amante de um ex-funcionário do restaurante dele, que estaria no momento do desentendimento. Na versão dele, tudo foi armado com o rapaz para deixá-lo preso e continuarem com a relação amorosa. 

O amigo então funcionário, é Thiago, que diz ser amigo do casal e que tem namorada.  Segundo Thiago, apesar de ser campo-grandense ele vive em Florianópolis e estava passando este ano na Capital de MS, devido a pandemia.  

A esposa do marroquino, pivô da confusão, foi casada com um ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Ela já tem passagens por atirar contra um segurança de propriedade.