03 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 18º
RESPEITO À VIDA RAMAL ASSEMBLEIA

Adolescente é apreendido e mulher presa por tráfico no Dom Antônio

 Investigadores de DENAR receberam uma denúncia na manhã desta  quarta-feira de que um fugitivo da justiça estava escondido em uma residência no Dom Antônio Barbosa e que a proprietária desta casa, uma mulher com tatuagem de flor na perna, faria tráfico de drogas. Em posse dessas informações, os policiais foram ao local e após monitoramento, visualizaram uma mulher com as características indicadas na denúncia, sendo identificada como Rosângela Ximenes Vaez (28). Rosângela confirmou sua identidade após ser abordada pelos policiais e permitiu o acesso à sua residência, momento que perceberam uma pessoa tomando banho e assim que foi pedida sua identificação, soube-se tratar de um adolescente de 17 anos, com mandado de busca e apreensão expedido pela Vara de Infância e Adolescência. Diante da situação e da confirmação de parte da denúncia, os policiais resolveram proceder uma minuciosa vistoria no interior do imóvel, sendo que em um dos quartos, utilizado aparentemente como depósito, foi encontrada sobre um sofá, enrolada em um lençol, uma  porção contendo substância análoga à cocaína. No quarto de Rosangela, mais precisamente na gaveta de peças íntimas, foram encontradas dentro de um pacote de absorvente outras cinco trouxinhas contendo substância análoga à cocaína, totalizando 534g (quinhentos e trinta e quatro gramas). Sobre o guarda-roupa, foi encontrada uma porção de substância análoga à maconha pesando 3,2 g (três gramas e dois decigramas), além de uma balança de precisão contendo de resquícios de substância análoga à cocaína. Na cozinha da residência foi apreendida uma  porção de bicarbonato de sódio, a qual usualmente é utilizada para batizar a cocaína visando aumentar o seu peso e volume. Também foram apreendidos diversos aparelhos eletrônicos, cuja procedência não foi identificada e a quantia de R$ 210,30 (duzentos e dez reais e trinta centavos), entre cédulas e moedas de diversos valores. Os policiais informam que a droga apreendida pode ter valor de aproximadamente R$ 4.000,00 (quatro mil reais), bem como que pelo peso podem ser preparados aproximadamente dois mil papelotes, os quais, vendidos no varejo pelo valor de R$ 10,00 (dez reais) a unidade, podem auferir um lucro aproximado de R$ 20.000,00 (vinte mil reais). Foi dada voz de prisão em flagrante a Rosangela Ximenes Vaez, enquanto o adolescente foi encaminhado à Delegacia Especializada de Atendimento a Infância e Juventude – DEAIJ   Anna Gomes com assessoria