27 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 22º

PRESO

Alemão, secretário do narcotraficante Marcelo Piloto é preso no Paraguai

Agentes da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) prenderam, duas pessoas ligadas ao Comando Vermelho, uma delas seria o secretário pessoal de Marcelo "Piloto", o líder brasileiro do narcotráfico capturado em 2018 e extraditado para o Brasil.

Os dois presos são Mauro Emanuel Fernández Galeano, conhecido como “Alemaõ”, um paraguaio de 34 anos, e também Aníbal Ubaldo Caballero Pintos. Eles estavam dentro de um caminhão que transportava três pacotes de cocaína dentro do estepe do veículo, que se presume ser retirada como amostra para oferecer aos futuros “clientes”.

A operação foi acompanhada pelo Ministério Público com a presença da procuradora Fabiola Molas, que ordenou a prisão dos dois homens e a apreensão da droga. Agentes da Senad passaram a inspecionar o resto do veículo para o caso de haver mais pacotes de drogas escondidas.

Em 2018, o criminoso conhecido como Marcelo “Piloto” Pinheiro, que estava preso no Grupo Especializado, foi extraditado para o Brasil após ser acusado de ser o autor da jovem Lidia Meza, com a intenção de não ser enviada ao país vizinho.

O presidente Mario Abdo Benítez procedeu à sua expulsão do país e, atualmente, o criminoso encontra-se preso no presídio de segurança máxima de Catanduvas, no Brasil, onde cumprirá penas acumuladas em diversos processos instaurados no país vizinho.

<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="es" dir="ltr">[AHORA] <br><br>Agentes Especiales de la SENAD capturaron a &quot;ALEMAÕ&quot;, secretario del narcotraficante &quot;Marcelo Piloto&quot; y un importante eslabón del Comando Vermelho en Paraguay.<br><br>Fue detenido en la zona de Juan Manuel Frutos (Pastoreo) con cocaína oculta en una rueda de auxilio. <a href="https://t.co/z1VfQkPYMc">pic.twitter.com/z1VfQkPYMc</a></p>&mdash; SENAD Paraguay (@senad_paraguay) <a href="https://twitter.com/senad_paraguay/status/1307026423119589384?ref_src=twsrc%5Etfw">September 18, 2020</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>