MS Notícias

quinta, 04 de junho de 2020

SEQUESTRO

Comprador de gados tem caminhonete roubada e fica dois dias em cativeiro

Suspeitos amarram e amordaçaram a vítima após emboscada

Por: TERO QUEIROZ16/05/2019 às 10:50
ComentarCompartilhar
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 44 anos, ficou refém de criminosos por dois dias, após ser sequestrado no Parque do Lajeado, em Campo Grande. Segundo o Boletim de ocorrência, a vítima foi liberada hoje pela madrugada, após o Batalhão da Polícia Militar de Choque, flagrar um suspeito pulando um muro.

Conforme os policiais, a vítima foi amarrada e amordaçada, por Everton Vinicius Martins de Souza, de 22 anos, que é foragido da justiça paulista e vinha praticando crimes em Campo Grande. Durante o patrulhamento dos policiais pelo Parque Lageado, viram viram Everton, pulando um muro, com isso, a equipe entrou no terreno momento em que o suspeito se rendeu. Dentro da casa no terreno a polícia encontrou o homem amarrado, amordaçado e deitado no sofá da sala.

A vítima foi resgatada pelos policiais, e informou que caiu no golpe da compra de gado. Segundo a vitima, ele iria verificar um rebanho de 250 cabeças de gado, no valor de R$ 400 mil, próximo ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, ao chegar no local combinado com o falsos vendedores de gado, a vítima foi amarrada por dois homens que o colocaram em sua caminhonete Hilux. 

Conforme registro, o homem ficou em poder dos suspeitos das 14h15 da terça-feira (14), até  a madrugada de hoje (16). Durante as horas no cativeiro, a vítima relatou, que os suspeitos conversavam ao telefone com um comparsa, chamado por eles de 'professor'.

O suspeito preso pelo Choque, disse que as ordens eram para manter o homem refém, e que ele revezava com o comparsa que não foi localizado pela polícia. Conforme apurado pela polícia, as ordens vinham de dentro do presídeo federal de Campo Grande.

Ao ser pego pulando o muro, Everton revelou à polícia detalhes do esquema, revelou também a localização de um revólver calibre .38, e as casas dos comparsas.

A equipe policial foi até os endereços. Na primeira casa, não encontrou a mulher identificada como Kelly Cristina Paes de Oliveira, essa que estava em benefício do Dia das Mães. Na casa dela foram apreendidos 360 gramas de maconha e munições de calibre .50.

No segundo endereço, foi preso Elison Franca Feitosa, de 20 anos, que seria responsável por ter escondido a caminhonete roubada.

A dupla foi presa e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados pelos crimes de extorsão mediante sequestro, associação criminosa e roubo.

Deixe seu Comentário

TV MS

15 de maio de 2020
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma