25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

RIO DE JANEIRO

Criança de 10 anos e outras 4 pessoas são executadas durante festa junina

Nas redes sociais, moradores relataram que um carro chegou atirando em festa que acontecia em Anchieta. DH disse que motivo da chacina foi disputa de território por traficantes

Uma festa junina em Anchieta, Zona Norte do Rio de Janeiro, terminou em tiroteio na madrugada deste domingo (28). Pelo menos cinco pessoas morreram -- ao todo, segundo a Polícia Civil, 12 foram baleadas.

Entre os mortos, está uma criança de 10 anos.

A Delegacia de Homicídios da Capital informou que os cinco homicídios e as sete tentativas de homicídio tiveram a participação de integrantes de organizações criminosas de narcotraficantes. Segundo a polícia, a motivação foi a disputa territorial pelo controle da venda de drogas na localidade.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, ela e três homens já chegaram mortos à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Ricardo de Albuquerque, também na Zona Norte.

A quinta morte foi de um homem, já na manhã deste domingo. Ele foi transferido para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha.

Tiros vieram de um carro

Nas redes sociais, moradores relataram que um carro chegou atirando. Rayanne Lopes, estava com o pai na festa, segundo os moradores. A festa foi montada na Rua Ernesto Vieira, próximo à comunidade Ás de Ouro.

Naum Henrique Silva Lopes, 35 anos, tentou proteger a filha , mas foi baleado nas costas. A menina foi atingida por um tiro no tórax, de acordo com informações da secretaria Estadual de Saúde.

Mortos identificados:

Yuri Lima Vieira
Josué de Oliveira Xavier
Rayanne Lopes
Yan Lucas Soares Gomes
Antônio Marcos Barcelos Pereira Júnior