26 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

6ª FASE DA OMERTÀ

Garras e Gaeco estão nas ruas: Justiça mandou fechar Pantanal Cap

Integrantes da família Name são os alvos das investigações; polícia também deve prender pessoas ligadas ao Jogo do Bicho

Em nova ofensiva contra jogos de azar em Campo Grande Equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos Assaltos e Sequestros) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) estão na sede da Pantanal Cap, e vão lacrar o local de apostas.  As equipes cumprem 13 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão.

A ação faz parte da 6ª fase da Operação Omertà e não é a primeira vez que a força-tarefa vai ao prédio da Pantanal Cap, no Itanhangá Park, em Campo Grande, mas é a 1ª-vez que o local será fechado.

Integrantes da família Name são os alvos das investigações, que de acordo com os investigadores gerenciava jogos ilegais na Capital sul-mato-grossense. 

A esquipes foram também até a casa de Jamilson Name, no Bairro Itanhangá. O deputado é filho de Jamil Name, que está preso desde outubro do ano passado na Penitenciária Federal de Mossoró (RN) e é apontado como o líder de milícia armada responsável por execuções em Campo Grande.

*Com informações do Campo Grande News.