30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

Justiça condena Carlos Alexandre a 16 anos de prisão por homicídio

  POLICIA

Carlos Alexandre Alves acaba de ser sentenciado a cumprir 16 anos, seis meses e 15 dias de prisão em regime fechado. O réu foi considerado culpado pelo assassinado de Fábio Nery da Silva no dia 18 de setembro de 2010 em frente a uma conveniência na vila Santo Eugênio em Campo Grande.

O julgamento do acusado se estendeu por todo o dia de hoje

Entenda o Caso: De acordo com a denúncia, no dia 18 de setembro de 2010, em frente ao estabelecimento “Ana Lu Conveniência”, na Rua Pontalina, nº 127, na Vila Santo Eugênio, o réu teria matado a tiros Fábio Nery da Silva. No entanto, um dos tiros desviou-se e, por erro na execução, atingiu outro homem, que não morreu, pois recebeu socorro médico.

Carlos teria agido por motivo fútil, em razão de Fábio ter mantido relacionamento com sua ex-namorada. Ele também usou de recurso que dificultou a defesa das vítimas, pois se aproximou de forma repentina e atirou a curta distância, vindo também a atingir a outra vítima que não esperava o ataque.

Clayton Neves