24 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 21º

COSTA RICA

Mãe entrou na frente da 'bala' para salvar a vida da filha em MS

Ex-companheiro da vítima não aceitou fim do relacionamento. Crime foi presenciado pelo filho de 11 anos do ex-casal

Elza Lima Soares, de 46 anos, deu a vida para salvar filha Roseli Costa Soares, de 28 anos, de um homem que não aceitava o fim do relacionamento e tentou matar Roseli nesta 2ªfeira (11.maio), em Costa Rica, no interior de Mato Grosso do Sul. A mãe teria entrado na frente da filha e recebido os tiros disparados por Weber Barcelos da Silveira, de 36 anos. Elza morreu e Roseli foi socorrida ao hospital da cidade e depois transferida para Santa Casa de Campo Grande. O criminoso cometeu suicídio logo após o assassinato da sogra. O filho de 11 anos do casal presenciou o crime. 

A suposição, primeiramente levantada pelo delegado delegado Alexandro Mendes de Araújo, que foi ao local do crime na noite de ontem, junto ao perito criminal Rodrigo Venceslau, foi confirmada hoje pela sobrevivente, Roseli. 

“Em algum momento, ela se antepôs entre a vítima e o agressor em um verdadeiro ato de heroísmo, de amor. Um dia após o Dia das Mães”, declarou o delegado Alexandre Mendes de Araújo. 

Quatro dias antes do crime, de acordo com a polícia, o Weber já tinha cometido outro crime de violência doméstica. "Foi o dia em que eles terminaram o relacionamento. É uma separação recente e ele não aceitou. A vítima foi ameaçada, percebeu uma arma de fogo e registrou boletim de ocorrência. A polícia inclusive fez buscas pelo objeto, mas, não foi possível encontrá-lo na ocasião", explicou Mendes.

Roseli deu entrada na Santa Casa na madrugada de hoje (por volta das 3h30), segundo a assessoria do hospital. Ela tem duas perfurações por arma de fogo e segue na área vermelha do pronto-socorro, consciente, orientada e estável. Até o momento, já foi avaliada pela equipe da ortopedia por conta de uma fratura de fêmur.  

*Com informações do Campo Grande News.