MS Notícias

tera, 07 de julho de 2020

FRONTEIRA

Médico pode ter sido assassinado por cometer erro em prótese de silicone

Vítima foi executada durante o dia a tiros de 9mm

Por: TERO QUEIROZ12/06/2019 às 12:32
ComentarCompartilhar
Foto: Reprodução/Internet

Jose Marcial Centurión Caceres, de 50 anos, assassinado na tarde de ontem, terça-feira (11), em Pedro Juan Caballero, pode ter sido morto por cometer erros médicos no município é o que suspeita a polícia paraguaia da cidade vizinha de Ponta Porã (MS). 

Departamento de Investigações da Polícia Nacional, suspeita que o crime seja passional ou que a morte tenha sido motivada por erros em uma cirurgia de estética.

A vítima era dermatologista no Instituto de Previsão Social (IPS) e também atuava como cirurgião plástico. 

Em entrevista á Rádio ABC Cardinal, o comissário chefe da investigação da Policia Nacional de Amabay, Rafael Gonzáles, disse hoje (12), que o médico teria feito um implante de próteses de silicone em uma cliente, que posteriormente teve complicações. “São informações que circulam, mas ainda não podemos afirmar nada”, declarou o policial.

MORTE 

Na tarde de ontem, Centurión foi alvejado com tiros de 9mm ao entrar em seu carro estacionado em frente ao prédio do IPS.  

Conforme testemunhas, o suspeito disparou 19 vezes, atingindo peito, braço. O médico morreu na hora. A polícia acredita que o suspeito estava à espera da saída do médico de seu trabalho. O caso será investigado.  

Deixe seu Comentário

TV MS

22 de junho de 2020
Pagamentos pelo WhatsApp já estão disponíveis no Brasil
Pagamentos pelo WhatsApp já estão disponíveis no Brasil

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma