25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

INTERIOR

Morre mulher que teve 75% do corpo queimado pelo marido em MS

Crime aconteceu no sábado em Anastácio. Marido nega autoria

Morreu no fim da tarde de ontem, segunda-feira (11.maio), Celeide da Silva Valejo, de 35 anos, que teve 75% do corpo queimado. O companheiro da vítima, Marcelo Adriano Jeronymo Rocha, de 35 anos, está preso, suspeito de ter jogado álcool na em Celeide e ateado fogo após uma crise de ciúmes, em Anastácio, interior de Mato Grosso do Sul. A mulher chegou a ser socorrida e levada à Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu. 

Segundo o boletim de ocorrência, Celeide estava no quarto, quando o suspeito jogou ácool sobre ela e ateou fogo, no sábado (9.maio). Em depoimento à Policia Civil, Marcelo negou o crime e disse Celeide e ele estavam consumindo pinga na madrugada de sábado (9.maio), a bebida acabou e então, os dois decidiram ingerir etanol. Eles tinham o produto em casa para acender fogareiro. Marcelo contou ainda que no momento em que a mulher começou a incendiar ele não estava no quarto, ao retornar se deparou com ela em chamas. Ele disse ainda, que a vítima fumava durante o momento da suposta ingestão do etanol.

Conforme a polícia, a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o pronto socorro de Aquidauana. O fogo também foi controlado, mas parte da casa ficou destruída.  

A Santa Casa informou que Celeide deu entrada apresentando queimaduras de terceiro grau nas regiões da barriga e peito e queimadura de terceiro grau com áreas de segundo grau profundas nas costas, por todos os braços, além de queimadura de segundo grau no rosto e queimadura de segundo grau profundo nas coxas.

A Polícia Civil continua investigando o caso, mas o delegado já pediu que Marcelo fique preso por tempo indeterminado (prisão preventiva).

*Com informações do Campo Grande News.