28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

Mulheres são presas após raio-x em penitenciária por carregar drogas nas partes íntimas

Duas mulheres foram presas ontem em Dourados depois de serem flagradas tentando entrar com drogas na Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa). Segundo a polícia, Laura Salazar de Freitas, 37, e Alessandra Vieira Fernandes, 35, ambas moradoras de Campo Grande, estavam com drogas escondidas nas partes íntimas. Laura foi ao presídio para visitar o amásio, Elieser Gamarra Ledesma. Segundo a polícia, ela estava nervosa e o aparelho raio-x ‘denunciou’ um embrulho escondido nas partes íntimas dela, que continha 168 gramas de maconha. Ela foi levada para o Hospital da Vida para a retirada do pacote, e disse que entregaria a droga ao marido. Já Alessandra, que havia ido visitar o amásio Fabiano da Silva Martins, foi flagrada com um bastão de droga que também estava escondido nas partes íntimas. Nele, havia 200 gramas de maconha e 103 gramas de haxixe. Ela disse à polícia que receberia R$ 400 para entrar com a droga no presídio e entregar a um desconhecido. As duas mulheres, que não tinham passagens pela polícia, foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas e levadas para o 1º Distrito Policial, onde permanecem presas. Dourados News