29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

EL PASO

Pai e madrasta matam filho por obrigá-lo a beber água em excesso

Casal tem ainda outros cinco filhos, todos eles vítimas de diversos abusos

Zachary Sabin, de 11 anos, foi obrigado, pelos próprios pais,  a beber quase três litros de água em um período de quatro horas e acabou morrendo por isso. O fato aconteceu em março deste ano e na terça-feira (17.junho), o pai e madrasta, Ryan e Tara, entregaram-se a polícia de El Paso, nos Estados Unidos.  

A autópsia feita na criança revelou que Sabin  morreu de uma intoxicação forçada por água, depois de ter sido obrigado a beber quatro garrafas de água, durante um período de quatro horas, sem ingerir alimentação. Zachary começou a vomitar, desenvolveu dores nas pernas, teve problemas na fala e  ficou sonolento antes de ser colocado na cama. 

Uma foto de Zachary Sabin fornecida a 11 News por sua mãe biológica. Foto: Reprodução/kktv.com

Os pais do jovem teriam insistido com ele para beber mais água, depois de terem reparado que a sua urina estava mais escura. Um dia, ao verificarem que a criança não tinha cumprido a ordem decidiram castigá-lo. O menino foi obrigado a manter-se de pé na cozinha, a beber água, enquanto a restante família almoçava, reportou o site o Metro britânico. Clique aqui e veja o obituário do pequeno. 

O casal tem ainda outros cinco filhos, todos eles vítimas de diversos abusos. Ryan e Tara foram acusados de homicídio em primeiro grau e vários abusos.

Veja aqui os DEPOIMENTOS dos suspeitos.