23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

TRÁFICO

Paraguai faz a maior apreensão de cocaína da história do país

O ex-diretor da TV Pública paraguaia Cristhian Turrini, foi preso em flagrante nesta segunda –feira (19), após ser apontado como o principal suspeito, responsável pela maior carga de cocaína já apreendida no País. A droga pesada em 2.327 quilos, seria enviada para Israel através do Porto de Terport em Villeta na região Metropolitana de Assunção.

De acordo com o site Ponta Porã News, a cocaína estava sendo transportada em meio a uma carga de carvão e foram descobertas com a ajuda dos cães farejadores da Polícia Nacional do Paraguai. Os agentes do Departamento de Antinarcóticos da Polícia Nacional com o apoio da equipe do canil, realizaram vistorias em diversos contêineres, onde em seis deles foram encontrados os pacotes da droga.

O delegado Osvaldo Ávalos, chefe do Departamento Antinarcóticos da Polícia Nacional, informou ao Ponta Porã News que as investigações começaram com a Unidade de Inteligência Sensível, da Diretoria de Alfândega, que suspeitou da movimentação de cargas da empresa Impulso de propriedade de Cristian Turrini e passaram a monitora-lo. Ontem ele foi preso quando despachava a carga milionária. Os policiais informaram que a cocaína vinha da Bolívia através de pequenos aviões e depois era enviada para o exterior.

Ainda de acordo com o site, esta foi a maior apreensão de cocaína feita no Paraguai, superando os 2.200 quilos apreendidos em 2019 em Concepción, 1.748 quilos em novembro de 2012 na Operação Águia Negra e 1.727 quilos da Operação Black Eagle II, em agosto de 2013.