14 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

PF apreende mais de 200 mil dólares escondidos em meia de passageiro no DF

 Na noite da última sexta-feira,  policiais federais da Delegacia do Aeroporto Internacional de Brasília deflagraram uma ação de rotina com o objetivo de identificar o transporte de drogas e outros objetos ilícitos em voos nacionais que chegam a esta capital. Ao fiscalizarem um voo vindo de São Paulo, os policiais flagraram um passageiro de 41 anos transportando 289 mil dólares e R$ 13.950 escondidos na roupa. A expressiva quantidade de dinheiro estava protegida por meiões de futebol e camuflados pela calça que o investigado trajava. O dinheiro estava dividido em vários pacotes. Ele deu várias versões sobre a origem do dinheiro e as razões que o levaram a trazer consigo aquela importância, de forma oculta e camuflada. Diante da suspeita de que aqueles valores podem ser de origem criminosa, o passageiro foi conduzido até a Superintendência da Polícia Federal em Brasília, onde ocorreu a apreensão do dinheiro e foi instaurado inquérito para apurar a possível prática do delito de lavagem de dinheiro e contra a ordem econômica e tributária. Quando de seu interrogatório, afirmou que não iria se manifestar, preferindo falar em juízo. Conforme os normativos do Banco Central, para circular com dólares dentro do país, a pessoa que transporta o dinheiro tem de comprovar, com exibição de documentos, que os comprou de uma instituição autorizada. Vários outros passageiros foram submetidos à revista realizada pela Polícia Federal. A PF está finalizando a implantação de uma DEAIN (Delegacia Especializada do Aeroporto Internacional de Brasília), com o objetivo de intensificar ações dessa natureza. Assessoria