MS Notícias

quinta, 04 de junho de 2020

PONTA PORÃ

Polícia Civil investiga feto encontrado em lixão

A polícia investiga ainda se o feto poderia ter sido jogado em meio ao lixo residêncial e recolhido pelos coletores até a área do aterro sanitário

Por: Topmidianews /Porã News08/05/2019 às 17:24
ComentarCompartilhar
Foto: Reprodução/Porã News

Os investigadores do SIG (Setor de Investigações gerais) e agentes da Polícia Técnica foram acionados por moradores do entorno do aterro do bairro São Tomaz, em Ponta Porã, que encontraram um feto jogado situada. De acordo com informações do Porã News, o feto foi recolhido pelos agentes da Polícia Técnica e encaminhado ao IML da cidade, onde os peritos deverão realizar os exames solicitados pelo delegado Caio Macedo, responsável pelo caso.

As evidências apontam que poderia se tratar de um caso de aborto provocado com posterior abandono de feto na área do lixão, a polícia investiga ainda se o mesmo poderia ter sido jogado em meio ao lixo residêncial e foi recolhido pelos coletores até a área do aterro sanitário da cidade, onde viria a ser encontrado.

Informações da polícia indicam que o feto teria sido levado por um caminhão coletor de lixo da área do bairro da Mooca, a investigação do fato se encontra bastante adiantada, de acordo com a Polícia Civil. O delegado Caio Macedo solicitou o apoio dos moradores da região para elucidar com rapidez o crime e para isso solicitou que qualquer informação possa ser repassada via “Disque Denuncia” no número (67) 99812-3929 sem precisar se identificar, ou comparecer à 2ª Delegacia de Polícia onde será tratado com o máximo sigilo e anonimato.

Deixe seu Comentário

TV MS

15 de maio de 2020
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma