26 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

MEIO AMBIENTE

Polícia vai a acampamento e prende 5 ao flagrar javalis abatidos

Suspeitos foram presos no momento em que chegavam de mais uma caçada em MS. Um deles alegou ser o dono dos cães e levou multa de R$ 5 mil

Cinco caçadores foram presos em flagrante nessa terça-feira (31) durante fiscalização da Polícia Militar Ambiental (PMA) em Nova Alvorada do Sul, a 115 km de Campo Grande. Além de armas e munições, havia 18 cães em situação de maus-tratos e javalis no acampamento em meio a mata.

Ao chegar no local, a equipe da PMA de Batayporã conta que encontrou cinco cães, barracas e dois javalis abatidos e carneados. Pouco tempo depois, os cinco suspeitos chegaram em uma caminhonete, sendo que três deles estavam em uma caminhonete e outros dois em duas motos.

Houve a abordagem e os policiais apreenderam três armas de caça, sendo que duas espingardas de calibre 20 e 28 estavam na carroceria, além de uma gaiola com mais 13 cães "amontoados e estressados", ainda de acordo com a PMA.

Em uma das motos ainda estava uma espingarda calibre 12. A investigação aponta que todas as quatro armas estavam municiadas e não possuíam documentação. No depoimento, os envolvidos com idades de 23 a 44 anos, sendo 3 homens e 2 mulheres, confessaram que tinham acabado de fazer uma caçada e também foram questionados pelos fatos dos animais estarem ali sem nenhuma água e alimentação.

O grupo foi levado para delegacia de Polícia Civil do município e autuado em flagrante por crime ambiental de maus-tratos a animais e por porte ilegal de armas. Somadas, as penas chegam a 5 anos de prisão. Um deles, que alegou ser o dono dos animais, também foi multado em R$ 5 mil.

Fonte: G1 MS.