28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

PRF atua na operação integrada "Rodovida" neste final de ano

 Tendo em vista o aumento no fluxo de veículos e passageiros nas rodovias federais em função de férias escolares e dos feriados de Natal e Ano Novo, no período que compreende a segunda quinzena do mês de dezembro e o mês de janeiro, será lançada nesta quinta-feira, a Operação Integrada "Rodovida", em que a Polícia Rodoviária Federal atuará juntamente com os órgãos de trânsito estaduais e municipais. Esta operação, além da preocupação em garantir a segurança, o conforto e a fluidez no trânsito, visa a redução no número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes. A terceira edição da Operação Integrada Rodovida contará com a cooperação dos órgãos de trânsito federais, estaduais e municipais, entre eles a Polícia Rodoviária Federal, DNIT, Corpo de Bombeiros, BPTran, Agetran, Ciretran, que atuarão de forma conjunta na fiscalização e orientação dos motoristas neste final de ano. Em sua primeira etapa se estenderá por todo o mês de janeiro. A segunda fase da operação ocorrerá nos meses de fevereiro e março, visando atender a demanda do feriado de carnaval. Serão realizadas ações de trânsito para reduzir a incidência de ocorrências relacionadas ao excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, não uso do cinto de segurança e envolvendo motocicletas, que representam hoje as ocorrências com maior índice de letalidade. Neste período a Polícia Rodoviária Federal aumentará a presença do efetivo nas rodovias federais do Estado e atuará nos locais e horários com maior concentração de registro de acidentes, que em Mato Grosso do Sul compreende a BR 163 e BR 262, principalmente nos trechos considerados mais críticos, que são os de Campo Grande, Nova Alvorada do Sul, Dourados, Coxim e Três Lagoas. Serão disponibilizados 12 aparelhos de radar para fiscalização de velocidade, sendo oito deles novos, que integram câmera de vídeo e máquina fotográfica digitais, oito etilômetros para realização de testes de alcoolemia, além do emprego de novas viaturas e armamento ostensivo. Serão realizadas também, ações educativas, com o intuito de informar aos usuários da rodovia sobre normas de conduta e circulação, a fim de evitar e/ou reduzir o número de acidentes. Anna Gomes com assessoria