24 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 21º

CONFRONTO

Rapaz atira contra o DOF, é baleado e morre na BR-463

Ele já tinha passagens pela polícia

Geovane Barroso Crispim, de 24 anos, morreu baleado na manhã desta terça-feira (27), ao atirar contra uma equipe do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), na BR-463, próximo ao Bonanza, em Dourados. Ele era um ‘velho’ conhecido no mundo do crime.

Conforme o site Ponta Porã News, ele estaria conduzindo um carro Uno, quando parou o mesmo de forma brusca, evitando passar pelo bloqueio policial do Departamento, desceu do veículo com uma arma nove milímetros em mãos e atirou contra os militares que revidaram. 

O homem foi baleado, em seguida socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Dentro do carro, os agentes do DOF encontraram e apreenderam armas de grosso calibre, sendo duas longas calibre 762, uma calibre 12, a própria pistola nove milímetros que seria de uso exclusivo das Forças Armadas, um tripé, luneta de precisão e cinto de guarnição.

Histórico de Geovane

Em 2014, ele e mais duas pessoas já haviam sido presos acusados de assaltar uma farmácia no Parque Alvorada. Na época do crime, Geovane que tinha 18 anos, foi quem pilotou a moto usada para cometer o assalto.
Após o roubo, eles bateram contra um VW Crossfox. Um menor de 17 anos envolvido no crime, sofreu vários ferimentos e precisou ser encaminhado ao Hospital da Vida. Já Geovane fugiu do local a pé.
Depois de algumas informações, a PM chegou até ele e, na delegacia ele acabou entregando o terceiro adolescente que participou do assalto e quem seria o proprietário do revólver.