29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

VIOLÊNCIA

Suspeitos pedem US$ 100 mil para libertar família sequestrada na fronteira

Familiares e funcionários de um fazendeiro foram sequestrados por suspeitos fortemente armados

Cerca de oito pessoas de nacionalidade brasileira foram sequestradas nessa manhã (12), em Capitan Bado no Paraguai, próximo à fronteira com Coronel Sapucaia em Mato Grosso do Sul. Os suspeitos estavam fortemente armados, e segundo o Porã News, exigiram o pagamento de 100 mil dólares americanos pelo resgate.

A situação mobilizou a Divisão de Investigações Criminais de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai, em Pedro Juan Caballero. Equipes se deslocaram à região na tentativa de libertar os envolvidos. De acordo com o Porã News, os funcionários do brasileiro Roberto Perotti que tem fazenda há 15 quilômetros da fronteira na região da colônia Umbu, teriam sido sequestrados por homens fortemente armados.  

Ainda segundo o site, por volta das 9h desta manhã, o comissário de polícia Alexander Mendez, informou que os sequestradores teriam liberado sete dos reféns, ficando apenas um.

Às 10h o último refém foi liberado. Os familiares da vítima teriam pago o valor de US$ 15 mil pela soltura desse último, que seria o filho do fazendeiro. Os assaltantes queimaram um veículo durante a fuga.  

O caso segue em apuração. 

*Com informações do Porã News.