07 de agosto de 2020
São Paulo 39º 24º

Caso seja convidado Puccinelli afirma que irá a reunião com Lula

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), afirmou, em tom de brincadeira, que até o momento não foi convidado para a reunião que será realizada amanhã com o ex-presidente Lula e aliados ao PT no Estado, mas garantiu que se for chamado irá de bom grado. A declaração foi dada hoje pela manhã durante a cerimônia de entrega da reforma e ampliação do Centro de Comercialização de Economia Solidária

Puccinelli disse que mesmo que seu nome não tenha sido “lembrado” até o momento, caso surja mesmo que de forma tardia um convite ele estará disposto a participar. “Caso eu ainda receba o convite irei de bom grado, o PMDB irá fazer seu papel e eu irei representando o partido”, disse.

Durante o evento Puccinelli evitou perguntas “incômodas”, como a possível aliança entre PMDB e PT nas eleições do ano que vem, o governador soltou o bom e velho bordão já conhecido pelos jornalistas. “Não falo sobre política, vamos falar sobre o assunto do evento que é economia solidária”.

Clayton Neves e Alan Diógenes