24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

Política

Adiamento do abono salarial repercute durante votação do Orçamento de 2021

A- A+

O abono salarial de 2021 que deveria ser pago até julho ficará para 2022. A decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador repercutiu durante a votação do Orçamento no Senado. Randolfe Rodrigues (RedeAP) afirmou que a medida prejudica os trabalhadores. O relator-geral do Orçamento, Marcio Bittar (MDB AC), disse que essa decisão não foi do Congresso Nacional.