04 de maro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Meta fiscal

“Agora Governo Temer poderá trabalhar”, diz Simone Tebet

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) afirmou que a aprovação pelo Congresso Nacional, na madrugada desta quarta-feira, do projeto que revisa a meta fiscal e autoriza um déficit de R$ 170,5 bilhões para as contas públicas em 2016 era essencial para não paralisar a máquina pública e permitir que o Governo Temer trabalhe. Sem essa permissão para fechar o ano com déficit, várias despesas teriam que ser cortadas, o que afetaria investimentos e programas sociais.

Ela esteve presente no Congresso ao longo das quase 17 horas de sessão. Os deputados e senadores também votaram 24 vetos presidenciais antes de aprovar a nova meta fiscal.

Medidas positivas

Simone também elogiou as medidas apresentadas pelo presidente interino Michel Temer e pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, nesta terça-feira. Ela entendeu como positivas as alternativas encontradas pela equipe econômica.

“Ele não falou em aumento de impostos, falou em cortar gastos. Também abriu a porta para o diálogo com a sociedade em relação a temas como a reforma da Previdência e isso é muito positivo”, disse.

Simone também elogiou a sugestão do Governo que quer adiantar a devolução, pelo BNDES, dos empréstimos feitos ao Tesouro, no valor de R$ 100 bilhões. “Ele já está buscando recursos para cobrir esse déficit de 170,5 bilhões, sem necessariamente ter de aumentar impostos. Só isso já me deixa mais tranquila”, disse. (Com assessoria)