28 de julho de 2021
Campo Grande 14º

EX-SECRETÁRIO | AMAZONAS

AO VIVO: Macellus Campelo é alvo hoje (15.jun.2021) da CPI da Pandemia

Campelo, que já foi preso após investigação da Polícia Federal, pode se valer da manobra de Wilson Lima e "escapar" da Comissão

Mais uma vez um dos momentos mais críticos do Brasil na pandemia, até então, volta à pauta da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o depoimento de Marcellus Campelo, que foi secretário de Saúde durante o colapso no fornecimento de oxigênio, quando foi possível registrar a cena desesperadora de populares correndo com cilindros nos ombros para tentar salvar vidas.

Entretanto, como destaca a Agência Senado, Marcellus pode se valer da situação que se aproveitou o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima. A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou que, como o chefe do executivo é alvo de investigação pela Polícia Federal, não "precisaria produzir provas contra si mesmo", colocando a presença dele como não compulsória.

Sobre os trabalhos da CPI, o relator Renan Calheiros, apontou em coletiva que a Comissão encaminha-se para uma nova fase e avanço da própria investigação.

"É uma nova fase da própria investigação, que já coligiu provas e mais provas e precisa reclassificar essas pessoas, agora na condição de investigados. Não podemos ser imprecisos nessa fase da investigação. A CPI começou sem nenhum investigado, todos falaram na condição de testemunha. E o próprio STF estabelece tratamentos diferentes", disse.

Requerimentos que pediram a convocação de Marcellus Campelo foram apresentados pelos senadores Marcos Rogério (DEM-RO) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Segundo a Agência Senado, Marcos Rogério aponta que além de “esclarecer os fatos no tocante ao colapso da saúde no estado do Amazonas no começo do ano”, o ex-secretário deverá dar seu parecer sobre o enfrentamento da pandemia pelo governo federal e à fiscalização da aplicação de recursos federais por estados e municípios no combate à pandemia.

Enquanto que, para Alessandro Vieira, o depoente terá que esclarecer “todas as circunstâncias relativas ao colapso da saúde na capital amazonense no início do ano, especialmente com relação à falta de oxigênio e à atuação dos gestores públicos para a resolução da crise”.

Corre ainda uma investigação, pela Polícia Federal, que apura se o governo do Amazonas favoreceu empresários locais para a construção de um hospital de campanha que foi erguido em Manaus. Houve buscas na casa de Wilson Lima, também na sede do governo, na Secretaria de Saúde e na residência do então secretário Marcellus Campelo, que chegou a ser preso.

Estão suspensas todas as autorizações de 'queima controlada' no Pantanal
Política
há 24 minutos

Estão suspensas todas as autorizações de 'queima controlada' no Pantanal

Regionalização da Saúde avança com novos hospitais em 10 cidades de MS
Política
há 4 horas

Regionalização da Saúde avança com novos hospitais em 10 cidades de MS

Onda de frio deixa temperaturas entre 4°C e 20°C em Mato Grosso do Sul
Política
há 4 horas

Onda de frio deixa temperaturas entre 4°C e 20°C em Mato Grosso do Sul

Participe do Questionário de Avaliação da CPA/UEMS
Política
há 4 horas

Participe do Questionário de Avaliação da CPA/UEMS

Educação: Ônibus escolares recebem melhorias em parceria com a Câmara Municipal
INTERIOR
há 13 horas

Educação: Ônibus escolares recebem melhorias em parceria com a Câmara Municipal

Na Capital, júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
JUSTIÇA
há 14 horas

Na Capital, júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"